sexta-feira, 28 de abril de 2017

A saga da colecção do Pingo Doce

O Pingo Doce lançou recentemente uma colecção de animais com tudo a que temos direito: cartas, caderneta e aparelho que emite os sons da bicharada. Já tenho tudo, ou parte, vá.

A minha mãe começa o vicío e eu vou por arrasto, e arrasto todas as pessoas à minha volta: família (fiz alguns telefonemas especificos), amigos (idem) e colegas de trabalho que não têm filhos ou já são muito velhos para gostar destas coisas (o meu colega Paulo pôs um post-it na carteira da mulher para não se esquecer quando vai ao supermercado. How cool is that?).

É a loucura absoluta. Deixo de ir ao supermercado do costume e passo a ir ao supermercado que tem a promoção infantil da moda. É isto sem tirar, nem pôr.

Não compro nem mais nem menos, mas mudo o local de compra só para ver os meus filhos (neste caso é mais o Francisco) todos contentes.

Adeus Continente, Jumbo e Lidl... Olá Pingo Doce! Sou claramente uma vendida!


quinta-feira, 27 de abril de 2017