domingo, 23 de outubro de 2016

Tendências de Outono incríveis

Sigo vários  sites/ blogs de moda e qual não é o meu espanto que descubro na Vogue Portugal que... "as camisolas de malha invadem as ruas neste Outono". Fiquei em choque, sem palavras! Então estive eu a arrumar o armário para começar a andar de alças, tops sem costas e agora vem com conversa das malhas! Só falta virem dizer que no Inverno as ruas vão ser invadidas por cachecóis e gorros! Juro que se assim for... não vou estar preparada.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Instagram resumido por uma criança de 6 anos

O Francisco vê-me a mexer no telemóvel e pergunta:

- "O que é que a mãe está a fazer? A pôr coraçõeszinhos em fotos?"

Por acaso não estava mas senti-me a pessoa mais ridicula à face da terra.


quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Sou um extraterrestre

Quem me conhece há muitos anos sabe que não fumo, não bebo nenhuma bebida alcoólica e não bebo café. Não, não estou em penitência, simplesmente não gosto.

Agora decidi que vou (tentar) deixar de comer doces durante a semana. Vai ser uma tarefa complicada, quando tiver ataques de açúcar... vou ter um iogurte natural ou umas bolachas Maria para me apoiar nas horas dificeis.

Estou a precisar de forças divinas!

Nota: Pelo meio estou a tentar deixar de comer gomas para todo o sempre.

May the force be with me!


Mãe Vs Filho

Quando o teu filho de seis anos já calça o 32... e tu (a mãe) calças um singelo 37... fica  a questão: Será que daqui a menos de 2 anos o meu filho engana-se e vai com os meus sapatos de salto para a escola?

Nota: Com toda a certeza daqui a 5 anos (no máximo) já me põe debaixo do braço... De certeza!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Férias, o rescaldo!

Foram boas, pois claro!
Férias com pouca família, só os 4 e na versão muita família (12 adultos, 5 crianças e 6 cães!).

O regresso de 3 semanas de férias (nunca tinha tirado tantas semanas seguidas) é complicado! Uma grande ressaca. Não ajuda nada regressar das férias sozinha. Marido e filhos continuam no Norte a curtir...

Suspiro...

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Férias

Este blog vai de férias  3 semanas e volta em breve!

sexta-feira, 22 de julho de 2016

"The man from U.N.C.L.E" - Um filme a não perder

O filme é ainda melhor que o trailer! Há muito tempo que não via um filme tão bom.





Sinopse: "Na década de 1960 os até então inimigos mortais Napoleon Solo (Henry Cavill), agente da CIA, e Illya Kuriakin (Armie Hammer), espião da KGB, são obrigados a cooperarem. A grande missão da improvável dupla EUA-Rússia é combater a terrível organização T.H.R.U.S.H., que desenvolve armas nucleares".

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Bitaites da Beni #2

Depois de dar banho à miniatura, aproveito o momento calmo...

Eu: "A Beni fica muito feia quando grita"

Ela: "E fico muito bonita quando ponho vestidos"

Não consegui conter a gargalhada.

E lá se vai o raciocínio... vamos é falar de vestidos, que isto já não são horas para sermões disfarçados.


quarta-feira, 20 de julho de 2016

Conversa de raspão (a sair da praia)

Eu: "Até achava giro ir ao terceiro filho"
Marido: "Não faço muita questão, estou bem assim"

Não, não estávamos a falar de ir ao restaurante X ou jantar em casa, ou passar as férias nas Maldivas ou no Algarve, estávamos "só" a falar de um hipotético 3º filho.

Quando decidimos ter a Benedita (o nosso 2º filho), foi numa conversa mais ou menos assim.

Estávamos no "Hot spot da Häagen-Dazs", no Principe Real, enterrados nas almofadas e a comer gelado, num fim de tarde top... e disse-lhe que para mim estava na altura de termos um 2º filho, que era a altura certa. Que não queria que tivessem uma grande diferença de idade... Do outro lado, a resposta foi do género "ok vamos a isso".

Nota: Sempre quisemos ter pelo menos 2 filhos. Daí a rapidez da resposta.

Nota 2: Aquelas cenas super exageradas em modo novela mexicana, não faz de todo o nosso género...

Nota 3: Não, não vamos ao 3º filho. Pior timming de sempre.





terça-feira, 19 de julho de 2016

Roleta russa III

Deixar o cartão multibanco naquelas portagens de pagamento automático, que não é preciso pôr o código, nem nada...

Sim, eu deixei. 

E quando cheguei à última portagem da Ponte Vasco da Gama, não tinha uns míseros 2,70€ para pagar. A mania de pagar até pastilhas elásticas com o multibanco dá nisto...

A história acabou com uma "nota de débito de portagem", que tenho de pagar nos próximos 3 dias.

Cenas dos próximos capítulos: Cancelei o cartão. Paguei para ter um novo que vai chegar a minha casa depois de ter saído para férias... 

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Coisas queridas do marido #2

Quem me conhece há algum tempo sabe que sou um iman para os insectos... se eu estiver por perto, ninguém é picado. Só eu. O meu curriculo é vasto em picadas, sequelas e bicharada.

E o Filipe, em tom de elogio, disse: "Tu és o Cristiano Ronaldo dos insectos!"

Eu sei onde não vou dar autógrafos: Amazónia!

Nota: Mais um fim de semana em Tróia, mais uma lista infindável de picadas... volta Inverno, estás perdoado!


sexta-feira, 15 de julho de 2016

Bruxa em stand-by

Ando desanimada... acho que deu para ver no post anterior... mas depois numa tarde, em poucas horas mesmo, recebo duas novidades espectaculares! Es-pe-ta-cu-la-res!

Uma delas que vou ter um primo novo! Baby Mateus vai ter um mano, e a nossa família vai ficar mais completa!

A outra ainda não posso dizer mas é igualmente boa. MESMO.

Nota: Acho que estou a receber boas energias de Marte...


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Sem marido e sem filhos

E de repente, algo inédito acontece: marido e criançada vão passar uns dias a Tróia (e a moura, sim, sou eu, fica em Lisboa a trabalhar).

Terça, quarta, quinta e sexta sem filhos e sem marido. Solteiríssima!
No primeiro dia fez-me alguma confusão... inventei 1000 coisas para fazer na rua. Tudo para não voltar para casa.

Às 8 da noite achei por bem regressar. Silêncio total. Casa em modo caos ("não mexi uma palha", a empregada vinha no dia seguinte). Jantei uma salada de tomate e chocolates KitKat no sofá a ver televisão. Já que é para viver vida de solteira, salto logo para a adolescência!

Senti o meu corpo a desinchar... não consigo explicar a sensação, parecia uma bóia a perder o ar, em slow motion. Dona e senhora do meu tempo. A ver um filme qualquer na TV, a adormecer no sofá, e acordar às tantas da manhã e achar por bem dormir o resto na cama.

Ontem jantarada de amigas e hoje acho que me vou enfiar no ginásio sem stress para voltar para casa (porque tenho que dar banho aos miúdos, porque tenho que tratar do jantar, porque, porque... porque quero aproveitar o pouco tempo que tenho com eles).

Estou cheia de saudades da minha grupeta mas estou a amar a vida de solteira.

Sexta-feira ao fim do dia, volta tudo ao estado normal-de-loucura-castigos-tira-a-mão-daí-olha-que-vais-cair-o-jantar-é-para-comer-todo...

Tenho que ir à bruxa

A mania que eu tenho de achar que posso planear a minha vida, e que sei o que vai acontecer no dia seguinte é altamente irritante...

E depois numa mão cheia de dias, sou picada por uma abelha (o meu pé fica a parecer o pescoço do Mike Tyson), nem consiguia pôr o pé no chão (3 dias em casa), quando estou nas urgências ligam do colégio (Beni caiu do escorrega e provavelmente partiu o braço), saímos de um hospital e vamos para outro, uma miniatura de 4 anos sai do hospital com o braço engessado.

Numa semana fui 11 vezes ao hospital (leram bem), 11. O meu humor estava pelas ruas da amargura... liguei o piloto automático. Para além desta saga hospitalar, lá por casa andamos a reorganizar a vida profissional (cereja no topo do bolo).

Estou a precisar urgentemente de férias. Tirem-me daqui. Estava a pensar em Marte.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Das melhores invenções

As cullotes/ calça-calção/ saia-calça e os midi dresses.
E porquê? Para quem não chega ao 1.60m, é simplesmente espectacular comprar um par de calças e não fazer bainhas (a história da minha vida) e comprar um vestido e não perder metade na costureira!

Literalmente pronto-a-vestir!





terça-feira, 21 de junho de 2016

Varicela

Pois que a minha filha de 4 anos apanhou varicela, nada de novo, toda a gente sabe o que é, mas partilho algumas coisas que nunca tinha ouvido falar.


  • Depois da varicela as crianças ficam com o sistema imunitário em baixo, durante mais ou menos 1 mês, por isso é de evitar que esteja em contacto com outras pessoas doentes
  • Depois da varicela é super importante reforçar o creme protector, pôr mais creme do que o costume, para evitar que fique com marcas.

Roleta Russa II

E agora para além de não ter carta de condução (está em parte incerta), o meu cartão de cidadão caducou... Estou a pedi-las...

Para a semana regularizo tudo.


sábado, 21 de maio de 2016

Roleta russa

Desde que tirei a carta de carro nunca andei com os documentos do carro, sempre ficaram guardadinhos em casa. O que é parvo, eu sei. Há  pouco tempo decidi colocar finalmente os documentos na carteira... adivinham o que aconteceu? Perdi a minha carta de condução. Portanto continuo a andar ilegal... vou todos os dias para o trabalho de carro, e faço  caminhos sempre de muito trânsito  e operações  stop... Ando a brincar com a sorte...

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Sou a melhor mãe do mundo #2

Na reunião de pais com a professora do meu filho esta diz que, e passo a citar: "o Francisco tem um vocabulário bastante vasto, acima da média para a sua idade e distancia-se dos colegas da sua sala".

Fiquei super orgulhosa. O mérito, e desculpem lá a falta de modéstia, é todo meu, que leio aos meus filhos todas as noites 2 livros. Compro livros em barda e estou sempre a ensinar/ explicar palavras novas. Hoje aprendeu mais algumas graças à estória desta noite: "opinião, argumento, envaidecido, matreira".

Quem sabe o Nico é o próximo Fernando Pessoa*...

*Sim, já  lhe comecei a ler coisas do Pessoa mas ele pediu-me encarecidamente para parar.

domingo, 15 de maio de 2016

Conselho para mulheres de Benfiquistas

A partir de hoje e até à  próxima semana (no mínimo) aproveitem para pedirem o que tem a pedir, dar más notícias you name it aos vossos maridos, namorados... É aproveitar o estado de graça!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Sou a melhor mãe do mundo #1

Numa festa de anos, calhou em conversa a pergunta se ganhasse muito dinheiro o que é que se fazia. Eu nem estava por perto, e a conversa foi com a familia do meu cunhado.

E o meu rico filho respondeu que usaria o dinheiro para comprar arroz para os meninos que não tem comida.

Claramente eu e o colégio andamos a trabalhar bem!

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Inchada

O meu afilhado vai tocar no NOS Alive. How cool is that?

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Sou a pior mãe do mundo #1

Antes do meu filho entrar para o 1o ano, teve que fazer vários exames médicos de rotina, para apresentar um atestado no colégio que estava tudo bem. Eu achava que estava tudo bem. A médica de família pediu apenas que o Francisco fosse ao oftalmologista, só por descargo de consciência, porque não conseguia ler as letras das 2 últimas filas.

Fui ao oftalmologista descansada da vida. Saí de lá a chorar.

Afinal o meu filho tem 3 dioptrias em cada olho (!), e se eu tivesse demorado mais tempo a ir ao oftalmologista um dos olhos tinha deixado simplesmente de funcionar e o outro olho assumia a função dos dois.

Agora vamos aos clichés:

  • O meu filho anda de bicicleta e nunca caiu e/ou esbarrou contra o que quer que seja
  • Joga ténis e nunca falhou uma bola
  • Sempre viu televisão a quilómetros de distância

Conselho de amiga: Todas as crianças devem ter a sua primeira consulta no oftalmologista aos 3 anos. Depois não digam que eu não avisei ;)

terça-feira, 3 de maio de 2016

Ir à Disney Paris no Inverno

Fomos à Disney em Março com um casal amigo, que também tem 2 filhos, um rapaz com 6 anos e uma rapariga com 4. Alguns conselhos para viajantes de 1a viagem:

Fazer as malas:

  • Levar sacos vazios (por ex: do IKEA) para poder guardar as sandwiches, fruta, o que seja que os vossos filhos vão comer durante o dia na Disney
  • Levar uma mantinha polar para cada filho, o frio é de rachar, e quando andam nos carrinhos dá muito jeito
  • Vestir os miúdos por camadas e o casaco tem mesmo que ser quentinho, tipo casaco para a neve, levar gorros, luvas e creme do frio (a pele deles fica uma lástima)
  • Levar 1 carrinho de Lisboa e alugar outro lá, custa 15€ por dia. Assim que se entra no parque do lado direito, na galeria, há uma loja onde se alugam os carrinhos. Compensa ter um carrinho por cada criança, se tiverem cansados dormem, não chateiam, e não há guerras porque o mano está no carro e o outro não.
  • Levar bolachas secas, diferentes variedades, levar pacotinhos leite (na Disney há filas para tudo, se puderem evitar para a altura do lanche já é bom)
  • Levar livros de colorir, carimbos, jogos portáteis etc... para entreter as crianças no avião
  • Levar pelo menos 2 garrafas pequenas de água
  • Não levei carteira, apenas uma mochila-comunitária onde ia tudo da família toda


Na Disney:


  • Levei uma daquelas bolsinhas anti-roubo ao pescoço onde tinha bilhetes, Cartões do Cidadão, cartão-chave do hotel, cartão multibanco enfim o essencial para não andar à procura, sempre que era preciso
  • Se está num hotel da Disney, tem direito a um Fast-Pass, que deixa entrar nos divertimentos sem ter que esperar, nem todos os divertimentos tem, mas os que tem compensa.
  • Divertimentos que vale a pena ir: chávenas, combóio que dá a volta ao parque todo, comboio mais pequeno, barco dos piratas, carrossel, "Small world", Buzz, carros antigos (crianças podem conduzir) chama-se autopia (ou qualquer coisa assim do género) e é muito giro ir ao espectáculo de luz que começa às 21h00.
  • No parque dos Filmes, vale a pena ir: para-quedas do toy story, ratatouille, e assistir ao espectáculo dos duplos com carros. Para adultos: torre do terror, rollercoaster. Só não conseguimos ir ao do Nemo, com muita pena.
  • O nosso truque em ambos os parques era: de manhã ir logo aos mais concorridos, e depois ir alternando entre os carrosséis com filas de espera mais longas, e filas de espera mais curtas... porque se não ninguém tinha paciência.
  • O domingo é o dia com mais pessoas, e à tarde piora substancialmente
  • Quando estava muito frio/ muitas pessoas, nós deslocávamo-nos entre as galerias das lojas era mais confortável
  • Muitas meninas na Disney andam com vestidos de princesa, se já tiverem um de antemão levem de casa, é  menos uma despesa
  • As lojas são mesmo uma tentação. Boa sorte!
Nota: se puderem ir com outras crianças para além das vossas, óptimo, assim entretém-se umas com as outras

Divirtam-se e boa viagem!

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Eu & o cabelo

Já sabem que sempre que entro no cabeleireiro fico possuída. Adoro a sensação de cortar o cabelo, de me pentarem, de me lavarem o cabelo. Fico em êxtase. Finalmente descobri o 2o homem  da minha vida, o Ivan. O único que pode fazer o que quiser do meu cabelo, o melhor cabeleireiro de Lisboa e arredores.

Desta vez fui ao cabeleireiro sem nenhuma ideia do que queria, enquanto esperava por ser atendida comecei a folhear revistas. E em meio segundo decidi que ia fazer franja. Perguntei a opinião do Ivan, disse que era um "risco controlado". E arrisquei.

Aos 37 decidi fazer franja e correu muito bem. Tenho recebido rasgados elogios de amigos e conhecidos. E estou muito feliz com a mudança.
Vamos lá ver se na minha próxima visita ao cabeleireiro não pinto o cabelo de outra cor... me aguardem...

domingo, 1 de maio de 2016

Sou uma consumidora básica

Eu achava que era uma consumidora super básica, que não  tinha grande interesse para as marcas mas depois de ler um artigo sobre a forma como decidimos uma compra... olhei bem para forma como "vou às  compras" e afinal até sou uma consumidora interessante.
E passo a enumerar:


  • Faço  as compras de supermercado essenciais no continente online
  • Vou directamente a um talho especifico
  • Roupa da família toda faço sempre pesquisa online e só depois vou à loja (nos saldos compro online sem ver o produto presencialmente, às vezes corre bem, outras tenho que trocar)
  • Brinquedos ou aproveitamos promoções ou compramos online no amazon, por vezes sai bem mais barato mesmo vindo dos EUA
  • Marcas portuguesas por norma tomo conhecimento através de blogs ou artigos de revistas/ jornais, e são cada vez mais e irresistíveis
  • Frescos compro numa mercearia perto de casa, porque o dono trás da santa terra
  • Compro os sapatos de inverno dos meus filhos numa sapataria especifica em Cascais 
  • Compro os meus sapatos só de marcas portuguesas, como Fly ou Zillian
Em síntese, achava que comprava tudo no mesmo  sítio e afinal nem por isso.
E vocês como é que  são  enquanto consumidores?

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Coisas queridas do marido #1

Excepcionalmente estamos todos juntos no carro para levar as crianças à escola.

Tudo nos acontece no caminho (trânsito parvo, domigueiros na estrada, carros que param porque sim...).

Comentário do marido: "Dás-me azar".

Agradeci o elogio.


quinta-feira, 21 de abril de 2016

Bitaites da Beni #1

A caminho da escola, de mão dada com a Beni.
Do nada, a minha filha afirma que sou casada com o pai.
Explico que não sou casada com o pai.

Resposta pronta da Beni:"Mas devia!"

Pergunto porquê.

Explicação muito lógica: "Porque os adultos são sempre casados".

Meus amigos, se estão a ler este email, e estão ilegais como eu... comecem a tratar da papelada!

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Nancy vai para o Técnico


Na festa de anos da minha filha ofereceram-lhe vários presentes, mas houve um que se destacou, uma Nancy (já nem vou comentar o nome) "Aventuras por Nova Iorque". A boneca é sinistra, no geral, e com cabelo frisado (pensei que já não se usava), madeixas ruivas (a puxar para o chinelo) e com uma fatiota que mais parece que vai para o Técnico, e não é estudar...




Nota: Com tantos brinquedos que já estragou e/ ou perdeu, este tenho a certeza que vai durar até à minha reforma!

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Bolo de anos da Beni

Algumas vertentes da minha vida mudaram... mas não a minha ligação-esquisita com os estranhos.
Tinha encomendado o bolo da minha filha numa pastelaria, mas entretanto descobri um muito mais giro noutro sitío, e lá fui eu ligar para a pastelaria para cancelar a encomenda.

Telefonei para a pastelaria mas percebi que estava quase de certeza a ligar para uma casa particular.
Confirmei na mesma se não era a pastelaria Aquarius e pedi muitas desculpas pelo engano. Pensei "linhas trocadas".

Voltei a confirmar o número de telefone, e voltei a ligar para a tal senhora. Resposta da senhora: "Bom já vi que você [eu, portanto] está a disfarçar a voz [!] e portanto vou desligar que é para não me chatear, com licença!".

Acabei às gargalhadas e incrédula com a resposta da desconhecida.
O meu marido que não estava a aguentar de rir, já me estava a pedir o número para ligar para perguntar se era da barbearia... Achei por bem ficarmos quietos.


terça-feira, 12 de abril de 2016

Nico Vs Beni

Gosto muito de ensinar aos meus filhos os nomes dos bichos todos, das árvores, como é que crescem etc, etc... Só para não ficarem com a ideia de que os ovos e o leite nascem nas prateleiras do supermercado...

Sabem também que não os deixo pisar uma formiga, arrancar uma folha de uma árvore... desde sempre que os ensino a respeitar todos os seres vivos.

O meu filho, o Nico, para me agradar/ e porque já lhe peguei o respeito pela "bicharada" diz-me: "Mãe, acabei de salvar uma estrela do mar que estava presa na areia seca".

A minha filha, a Beni, só para me chatear, pisa 3 dinastias de formigas à minha frente.

Não se percebe.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Coisas que só acontecem ao meu marido

Quando decide comprar qualquer coisa (qualquer coisa mesmo), no dia que vai à loja ou que decide fazer compras, o dito produto está com desconto!

É inacreditável!
Tenho milhares de exemplos (só vou dar 2, para vos poupar): comprou uns talheres no IKEA para a criançada lá de casa (estavam com 50% de desconto), foi comprar uns ténis (que andava há anos para se decidir) na loja online da sportzone, e estavam com 50% desconto em cartão...

Comigo normalmente é ao contrário... (para variar)

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Coisas que aconteceram desde fiz uma pausa no blog...

Mudei de emprego!
E já passaram 5 meses.
Foi uma oportunidade que surgiu literalmente do dia para a noite.
Numa semana fui a duas entrevistas, e nessa mesma sexta-feira fui informada que tinha sido escolhida! Assim, sem mais nem menos.

Dei uma semana à empresa onde estava a trabalhar. Paguei para me ir embora! E valeu cada cêntimo.

Agora trabalho num ambiente de trabalho normal, com pessoas normais e um chefe normal (educado, civilizado, inteligente, pontual).


quarta-feira, 30 de março de 2016

Coisas que me irritam solenemente (e simplesmente não tem explicação)

Quando alguém que vai ao meu escritório, e que não faz parte do meu gangue de colegas, me deseja "bom trabalho". Enerva-me tanto. Mesmo. Não imaginam.
E a pessoa pode estar com a melhor das intenções... mas fico logo "pior que estragada"!
Não sei... tem um tom paternalista...


segunda-feira, 28 de março de 2016

Ciúmes entre irmãos

E regresso com um tema que não me é familiar... ciumeira entre irmãos.

Para quem não sabe sou filha única e por isso acho um bocadinho "parvo" vá... os meus filhos terem ciúmes, porque um/a mãe/ pai dito "normal" (se é que isso existe) gosta dos filhos em igual percentagem. Para mim este raciocínio faz todo o sentido, para os meus filhos NÃO!

E são tantos exemplos que só me lembro de um parvo... comprei uma túnica igual para mim e para a minha filha Benedita (que adorou a ideia), e o meu filho protestou, porque deveria ter comprado uma túnica igual para ele, mas em azul. Tive que prometer que iria comprar uma t-shirt igual para ele e para mim, brevemente.

E muitos mais exemplos, pede para lhe fazer coisas (que sabe fazer perfeitamente sozinho) só porque estou a fazer à irmã (que ainda não consegue), o que pode ir desde fechar um casaco, a ir buscar um copo de água... uma canseira...

Alguém me consegue dizer quando é que os ciúmes entre irmãos acabam?