segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Convém dizer isto hoje


Bom ano de 2013.

E já que aqui estou gostava de partilhar que não gosto de nenhuma “deixa” para dar as boas-vindas ao novo ano: “boas entradas” só penso em pessoas com pouco cabelo, “bom ano” parece que só vou ver a pessoa a quem me dirijo em 2014…
Ah! E a palavra “réveillon” causa-me alergia, quando alguém diz esta palavra (normalmente nos telejornais) começo logo a coçar-me toda. Se pedissem para fazer o Top 3 das palavras pirosas esta ganhava o primeiro prémio. Esta mania que os portugueses têm de usar estrangeirismos é deprimente! Atenção, eu estou incluída nestes portugueses porque tenho a mania de cumprimentar os meus amigos com “Hello!”. Se calhar em 2013 vou passar a cumprimentar numa versão mais vintage, talvez um “Como tem passado?”.

Boa passagem de ano!

Beijinhos e abraços

Quando a versão B supera o original

Cá por casa descobrimos o novo Kit Kat chocolate preto porque vinha de oferta com uma embalagem de café. E adorámos! Estamos fãs. Recomendo. Dá 10 a 0 ao clássico Kit Kat.


Aprender da pior maneira


Andei a adiar o baptizado da Benedita pelas mais variadas razões, porque estava mau tempo, porque o espaço que escolhi estava reservado, porque não estava com paciência para fazer pesquisa, porque, porque…

Agora o meu pai está a passar o pior momento da sua vida, deixou de ver quase por completo. Primeiro teve um problema numa vista, foi operado, depois quando estava a começar a recuperar muito devagarinho, começou a ter problemas no outro olho. E semana sim, semana não é operado. Não me quero alongar neste assunto mas a lição que tiro daqui é que agora sim, não posso fazer o baptizado da Benedita porque o meu pai vê muito pouco, para não dizer quase nada. E infelizmente, esta sim é uma razão de peso para adiar um baptizado. Assim que o meu pai ficar bom (não imagino outra coisa) o primeiro evento que vou organizar em família será o baptizado.  Será uma espécie de celebração 2 em 1!

Isto tudo para dizer que esta mania que tenho (temos?) de achar que tudo é garantido, que sabemos perfeitamente o que vai acontecer no dia seguinte é completamente absurda.

Lá está o filho da mãe do ditado (há um para tudo): “Não guardes para amanhã o que podes fazer hoje”.

domingo, 30 de dezembro de 2012

Rescaldo do Natal 2


Eu e o F. continuamos a comer chocolates como se o mundo fosse acabar.
Acho que vamos entrar para o Guiness.
Vai um After-eight?

Rescaldo do Natal


O Francisco e a Benedita foram inundados com brinquedos. A loucura total e absoluta. Não tenho casa para tantos brinquedos. A sério. Vou ter que fazer uma redistribuição pela casa dos avós.
É impressão minha ou esta conversa repete-se todos os anos?

Pela primeira vez o Francisco esteve com o Pai Natal ao vivo e a cores. O senhor foi a casa dos pais do F. , era o afilhado, e como o afilhado disfarçou mal a voz, no fim da distribuição dos presentes, o Francisco perguntou-me pelo “afilhado-pai natal”. Apanhadíssimo!

Quando o Francisco recebeu o 2º presente do Pai Natal, o comentário foi “É piquinino”. Comentário simpático para se fazer a um presente… E ainda por cima eram uns sapatos.

No dia 24 de Dezembro nós os 4 fomos almoçar ao Sushi. E correu muito bem. O mais velho quis provar e gostou do que comeu. A Benedita comeu com os olhos. É o 2º filho mas não exageremos!

Os jantares de 24 e 25 com as respectivas famílias foram uma animação. Como sempre. A Benedita andou de colo em colo. Não lhe podiam ter dado melhor presente.

Se nos próximos 30 anos alguém me colocar um prato de bacalhau à frente, eu acho que caio para o lado. A sério…

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal (diz que sim, que vai ser)

Era só para desejar-vos a todos um Feliz Natal.
Com muita família, muitos chocolates, muitos filmes de Natal, presentes fofinhos, muita risota, zero de gafes (esta é só para mim), muito bacalhau, muita manta, muito cachecol, poucas viagens ( esta é dedicada a algumas amigas que passam estes dias com a casa às costas), muitos abracinhos, muito sossego e sempre, sempre em boa companhia.
Um Christmas muito Merry só para vocês.


domingo, 23 de dezembro de 2012

Diogo


Este nome desde dia 18 de Dezembro tem um novo significado para a família: nasceu o sobrinho do F. que também será afilhado (mais um, portanto). Claro está que quando o fomos visitar ao hospital eu e o F. estávamos na maior excitação para pegar nele. Um fofinho. Adorámos andar com ele ao colo, com toda a certeza será muito mimado pelos tios. Os pais que o eduquem ;)

O sobrinho é a cara chapada do pai.

sábado, 22 de dezembro de 2012

A festa de Natal do Francisco


De dálmata, o Francisco foi vestido de dálmata para a festa do colégio. Os meninos da infantil foram os primeiros a entrar em palco. Tão queridos… mini-dálmatas a invadir o CCB. A directora da infantil entrou também em cena mascarada de Cruela. Foi mesmo giro.

O tema da festa de natal do colégio foi “Os filmes de Natal”, a infantil interpretou os “101 Dálmatas” e os anos seguintes até ao 9º ano interpretaram filmes como “Música no coração”, “Sozinho em casa”, “Os marretas”, “O ET” e tantos outros filmes que passam e repassam na nossa televisão.

E perguntam vocês: “E como é que conseguiste descobrir o teu filho em palco, com tanta criança junta, vestida de igual e com uma espécie de orelhas + focinho na cabeça que mal dava para ver a cara de cada um?”
Todos os dálmatas estavam com “sapatinho de casamento” azul escuro e o meu estava com uns ténis azuis escuros e a sola tem duas riscas brancas. E foi assim que detectámos a nossa cria.

A festa durou uma hora e não dei pelo tempo passar. Foi uma festa muito bem organizada, muito divertida. Adorámos. Nunca mais chega a próxima festa de Natal…

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Confirma-se

Desde de sábado, 15 de Dezembro, que a Benedita tem o seu primeiro dente!
Tem tanta piada a miniatura de leite.
Ainda não tirámos foto porque a fera não deixa.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

A minha primeira festa de Natal

Hoje é dia de eu e o F. assistirmos à primeira festa de Natal do nosso filho Francisco. Isto porque até há bem pouco tempo o meu mais velho esteve na casa dos avós. E a única desvantagem foi não ter direito a este tipo de festarolas e presentes handmade pelo Nico.

A festa vai ser no CCB. Já compramos os bilhetes. E só vou eu e o F.
O Francisco vai estar de collants brancas, camisola branca de gola alta e sapatos escuros. Mais não sei.

Já tinha imaginado como seriam as festas dos meus filhos mas nunca me passou pela cabeça comprar bilhetes para ir assistir no Centro Cultural de Belém.

Novidades para breve.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Presentes de Natal com desconto

As lojas que na altura que estava a escrever este post já estavam com descontos:

  • Massimo Dutti (até 50% de desconto)
  • Perfumarias Marionnaud (até 25% de desconto)
  • Lanidor e Lanidor Kids (até 50% de desconto)
  • Petit Patapon (tudo a 60% de desconto)
  • Sacoor Brothers (até 50% de desconto)
  • E a grande maioria das lojas (até 30% de desconto)
A Zara é a desmancha prazeres do costumes e tem alergia a saldos. Boa sorte nas últimas compras de Natal. Ou então para quem ainda vai começar nesta aventura... sinto muito! Deus dai-vos paciência. Muita.

Cenas agendadas

Hoje é o dia do sobrinho do F. nascer. Está agendado. O filho da irmã do F. vai também ser afilhado do F. Mais novidades para breve.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Presentes diferentes

Cada vez há menos saco para comprar presentes, principalmente quando se tem filhos e o tempo é cada vez mais um bem precioso. E há tantas coisas mais interessantes para fazer do que estar enfiado num centro comercial... Se eu começasse a fazer a lista este seria o post mais longo deste Blog.

Adiante.

Este ano vamos oferecer às avós um presente que nunca oferecemos: As letras "A-V-Ó" em mdf, em 3D, do tamanho mais ou menos de um palmo em altura, com fotos impressas das avós com os netos em cada letra. Ficaram tão giras. E não fica caro.

Podem fazer com o que quiserem... mas convenhamos que oferecer com os nomes dos netos (Benedita e Francisco) ia levar-me à falência! Já que se paga à letra.

Se quiserem fazer, vão a um quiosque no Oeiras Parque que se chama "Fábrica das Ideias" que têm imensa coisa que pode ser personalizável (bolsas, atoalhados, lápis...). É mesmo em frente à farmácia.

domingo, 16 de dezembro de 2012

Festividades non-stop

Quinta-feira jantar de Natal com os coleguinhas do trabalho.
Sexta-feira jantar com os amiguinhos da Faculdade.
Sábado almoço com uma grande amiga.
Sábado jantar do sapatinho/ festa de anos do sogro.
Domingo de manhã o Nico foi ao circo.
Domingo lanche com os meus pais cá em casa.

Puff! Estou cansada! Mas foi um fim de semana em grande!

Não sou uma mãe babada

Esta semana o meu filho de 3 anos foi cantar músicas de Natal em inglês em frente aos Jerónimos, com os meninos do colégio.
How cute is that?

O post podia acabar por aqui e fazer um brilharete. Mas... o meu filho mal abriu a boca, limitou-se à mimica numa música, deu uma chapada ao amigo do lado, e bateu palmas no fim de todas as músicas.

Não posso dizer que sou uma mãe babada.

Nota: Este evento foi notícia no telejornal da Sic à hora de almoço. Pus uma amiga e uma tia-avó a gravar o grande acontecimento. E ainda não vi.

É oficial

A minha filha de 8 meses tem um calo na mão de tanto chuchar no dedo!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Não vamos chamar os bois pelos nomes


Mexe na minha secretária, mexe nas minhas coisas no geral. Deixa a minha secretária desarrumada. Mexe no meu computador, lê os meus emails (enviados, recebidos, eliminados you name it), abre os emails e sinaliza com a importância que a seu ver têm. Desconfia de todas as pessoas com quem trabalha, põe em causa tudo o que se faz, o que não se faz e o que se vier a fazer. Num minuto diz uma coisa e no outro já está a dizer outra completamente oposta. E fica ofendido se ao de leve damos a entender que deu ordens em contrário. Diz e desdiz. Diz que não disse o que disse. Manda fazer tudo ao contrário do que tinha a certeza e era urgente no dia anterior, na hora anterior, no minuto anterior. Diz asneiras, desliga o telefone a meio de uma conversa, deixa a sua equipa a falar sozinha.
Acha que os seus empregados são capazes de arranjar desculpas como “fui com o meu filho às urgências”. Tem que se apresentar justificações para tudo se tivermos que sair um minuto mais cedo que seja.

E isto que vos acabei de contar é só a introdução. Esta vertente da minha vida alimentava um blog…

Estou a precisar de fazer reset.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Presente 5 *****

Ofereceram estas ervas aromáticas* ao F. num dos jantares do sapatinho (jantares realizados todas as sextas-feiras de Dezembro até ao Natal, sempre em família, e onde se oferece presentes no valor de 1/2 euros).
E estamos completamente fanáticos.
São boas mas boas.

Perguntei à prima onde havia comprado tal achado... uma loja gourmet no Estoril que dá pelo nome de "Saloio". Não sei onde é, mas vou descobrir.
Ah! Duvido que tenha custado 2 euros...

*Estas são um mix de sal, açúcar amarelo, pimenta preta, rosmaninho, alho, salva, sumo de limão em pó, salsa....



terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Ando em modo…


Apetecia-me vivamente ser atropelada por um carro e ficar lá debaixo por uns dias. Só para descansar. Para desligar de todo este stress e pressão.

Era atropelada, levava uma valente pancada mas ficava sem nenhum arranhão. O objectivo era desligar do mundo por uns dias e fazer umas pausas para ir às jantaradas/ comemorações  de Natal no geral.

Eu sei, há malucos para tudo.

Ou então, mais simples, passo numa oficina, peço para ficar uns dias debaixo de um carro para arranjar e vou comunicando por sms em caso de emergência.

Vou ali à oficina e já venho.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Estar com um torcicolo 2


Esperei um dia a ver se passava. Não passou. No dia seguinte eu já estava em versão “Olha o robôt”. Ainda fui à farmácia mas a senhora farmacêutica aconselhou-me vivamente a ir às urgências, isto para não me chamar maluca.
Levei o meu cartão de pontos e fui para as urgências.
Humilhante foi deitar-me na maca de barriga para cima e o enfermeiro dizer que tinha de deitar-me de barriga para baixo… afinal tive que mostrar o meu rabo a um enfermeiro do género Jason Statham, levar uma injecção e dar um pequeno grito quando levei a picada… Do melhor.
O enfermeiro era um despachado e super profissional. Toma lá umas melhoras e próximo paciente!
Não esperava eu outra coisa do Jason...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Reflexão


O mês de Novembro (e os últimos dias de Outubro) foram para esquecer. Nem vou listar para ver se esqueço tanto azar junto. Adiante.
O mais engraçado é que só me apercebi de tanto infortúnio quando uma amiga me telefonou para saber como é que estávamos e, a cada resposta que dava… o cenário ia ficando mais negro. A J. só disse: “Já estou com medo de perguntar pela Benedita”.
O telefonema acabou às gargalhadas. Não tenho jeito para deprimir. Mesmo.
O mês de Dezembro só pode ser bom. Nem estou à espera de outra coisa. E ajuda bastante ter o calendário do último mês do ano cheio de almoços, jantares, uma festa de anos, lanches marcados e ainda o nascimento do filho da cunhada.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Estar com um torcicolo


É bom, já se sabe. Mas melhor ainda é o ar altivo com que fico, parece que engoli um cabide. Dá-me assim um ar muito pouco acessível… isto para não dizer antipático.
Estou no meu melhor. Se quiserem falar comigo ponham-se à minha frente, em qualquer outro ângulo a conversa vai ser dolorosa para o meu lado. Seja ele qual for.
Obrigada.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Cada dia que passa acho que tenho mais razão


Ando com esta ideia na cabeça há meses… e hoje partilhei-a com o F. mas ele não me levou a sério.
Cá vai: acho que se um dia o F. tivesse problemas no emprego deveria experimentar ser fotógrafo de profissão. A sério. Não só de casamentos e baptizados, mas daquelas coisas que as pessoas acham o máximo, como as sessões fotográficas com a família toda, ou só com os filhos… e por ai adiante.

Não basta saber tirar fotografias, não basta gostar de tirar fotografias é preciso ter uma perspectiva diferente, apanhar momentos e reparar em ângulos que passam ao lado de tanto “fotógrafo profissional”. Farta de fotos-cliché estamos todos.

E quem conhece as fotos do F. dá-me ou não razão?


Nota: O revés da medalha é que a criançada cá de casa ia passar a ter só fotos de passe…

sábado, 1 de dezembro de 2012

2012, o meu ano em síntese (só os melhores momentos)


Janeiro – Terminou a saga do nome do nosso 2º filho. Escolhemos o polémico “Benedita”.

Fevereiro – Nasceu a sobrinha Madalena. Eu a minha amiga-grávida-gémea sempre a par e passo!

A cerimónia de entrega da medalha de ouro dos 50 anos de sócia do Benfica da avó do Francisco. Aparecemos de surpresa.

Março – Nasce a Benedita! Sem dúvida o melhor acontecimento do ano.

Maio – Eu o o F. comemorámos muitos anos de namoro. Acho que 12.

Julho – Passamos o 1º fim-de-semana só os 2 em Tróia, sem o Francisco. Soube a pato.

Agosto –Pela primeira vez desde que estou a trabalhar, consigo ter 3 semanas de férias seguidas em família (isto porque estava de licença de maternidade).

Setembro – Francisco entra para a escola.

Outubro – O padrinho do meu filho casa-se na praia e o Francisco é o menino das alianças.

Dezembro – As celebrações de Natal com família e amigos. Nasce o sobrinho Diogo.