terça-feira, 31 de agosto de 2010

Small talk

Primeiro foi com o cão. As pessoas metiam conversa para saber o nome, a raça, a idade, para fazer uma festinha, para o filho fazer uma festinha, para dizer que também tinham um igual em casa, para debater os custos de “manutenção” etc… etc… E o F. sempre detestou ter que fazer conversa. Era eu que dava “trela”.
Agora com o Francisco parece que temos íman. A criança só falta dar autógrafos. E as perguntas também não mudam muito. E o F. continua com a mesma paciência de sempre. Nenhuma. E tudo o que diz sai a ferros.

Esta introdução para o post que segue.

Rodrigo, o insistente

Na praia, este fim-de-semana, uma criança que estava ao nosso lado fixou-se no Francisco. Falou com ele, perguntou-lhe o nome, fez-lhe bolos na areia, tentou convencê-lo a ir para a beira-mar. Isto tudo em versão monólogo, porque o Francisco só se ria, e mantinha-se sentado a curtir a sua piscina portátil.
E a criança que devia ter uns 4, 5 anos, era insistente. Muito mesmo. Tive que fazer de intérprete, traduzindo, ser desmancha-prazeres e dizer que os parcos 10 meses do Francisco não lhe permitiam andar nessas vidas. No meio de tanta conversa, o F. viu-se obrigado a perguntar o nome, que já sabia, mas só para dizer que tinha perguntado qualquer coisa...
O Rodrigo não desanimou, e colou-se literalmente a um grupo de crescidos desconhecidos, deviam ter uns 40 anos, que estavam a jogar à bola. E que se viram obrigados a levar com um novo membro da equipa. O miúdo tinha muita lata.
E os pais? Os pais estavam a curtir o tempo livre graças às baby-sitters improvisadas.

Nota: Neste dia perguntaram mais uma vez se o Francisco era menino ou menina... Está decidido vou comprar-lhe um bikini! Ao menos que tenha a fama e o proveito.

Telefone útil

E ainda no seguimento do email anterior.
O número que a Ana descobriu, e que me deu um jeitão em pleno trânsito.
O número azul do trânsito da Rádio Capital, 808 201 914, que dá toda a informação para escaparem aos engarrafamentos. Pagam 0,08€ e um senhor muito simpático ajuda no que for preciso. Já está memorizado no meu telemóvel.

Anjo da Guarda

De vez em quando dou por mim perdida por Portugal… Não temos GPS, sinceramente acho mais piada perguntar na rua, e por vezes vamos para locais desconhecidos e esquecemo-nos de levar a morada. Enfim. Ou então estamos no meio de um trânsito absurdo, e como também não temos rádio no carro (ou melhor, temos rádio, mas não sabemos o código de segurança para ligá-lo, a única que pessoa que sabia era o avô do F.) não temos como saber o que se passa. E nestas situações ligo para a Ana, o meu anjo da guarda, que me safa sempre!
Tenho a capacidade de estar sempre no pior sítio onde poderia estar e ela está sempre no sítio certo à hora certa para me ajudar. Até rimou!
Obrigada!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Música para ouvir à quinta

Onde é que eu já vi esta praia?

Macaco

São muito giros e tudo o que já se sabe… mas nada, nada práticos para ir à casa de banho. E no dia que decido vestir os que tenho lá por casa… parece que fico mais aflita.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Esta é nova…

“Acho o Francisco super parecido com a madrinha” (irmã do F.)
Onde? Pergunto eu. Só se for no apelido.

Eu acho que o truque é eu dizer que sou vizinha ou prima em 5º grau do Francisco.

Ginásio

Depois de muito procurar… em principio vou inscrever-me no ginásio perto de casa, o único, o Vivafit.
Ginásio que não preenche as minhas exigências mas se não for este… não é nenhum.
Quarta é dia da aula experimental e aproveitando a inscrição de 10€ em Agosto mergulho de cabeça num tipo de ginásio que sempre critiquei. Uma coleguinha do trabalho convenceu-me. Durante um ano fico por lá… depois logo se vê.

Este tipo de ginásio tem uma política muito agressiva:

 Entra-se para perguntar algumas informações e começam logo a preencher um formulário.
 Pagamentos por cheque, multibanco ou dinheiro só se pagar o ano inteiro de uma vez só. Obrigando ao débito directo, que detesto! A única forma de poder pagar mês a mês.
 Para aproveitar esta promoção, inscrição só 10€, tenho que decidir no dia da aula experimental, se não já não é válida.
 Temos que ficar obrigatoriamente um ano.

Apesar de tudo estou muito contente por voltar ao ginásio!

Neura

Ainda estou a recuperar dos meus singelos 9 dias de férias.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Saldos

E para fechar a época de borlas conto-vos o que me aconteceu no primeiro dia de saldos. Estava eu no provador da Mango do Oeiras Parque (quem conhece sabe que o último tem o dobro do tamanho dos outros cubículos) e de repente só vejo uma cliente a abrir o cortinado e a perguntar se podia entrar. E eu com a roupa atravessada, digamos assim, a olhar para a mulher e a dizer-lhe “está ocupado”. Parecia-me óbvio! Ela ficou parada a olhar para mim, houve ali um compasso de espera de uns bons segundos… Não sei se a rapariga ficou a pensar que como havia tanto espaço podíamos ficar ali as duas no veste-despe.
A contra-gosto saiu.
Só atraio gente lerda. Ou então sou mesmo muito antiquada… deve ser o último grito no estrangeiro partilhar provadores…

Chiclet deita fora... chiclet...

Experimentei as novas pastilhas Chiclets Day, e de facto o sabor a morango ácido é muito bom, o problema é que o sabor desaparece num ápice. Sugiro que mudem o nome das pastilhas para Chiclets Seconds.
Correu tão bem a experiência que já não quero gastar dinheiro nas Chiclets Night.

Lanidor 2

O departamento da Lanidor já deu o seu parecer, ligaram-me ontem para o telemóvel. Vão devolver-me o dinheiro.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Antes que me esqueça...

Sexta-feira a partir das 18h00, este blogue faz uma pausa de uma semana. Nem acredito que vou ter férias!

O circo saiu à praia

Quando vamos à praia de manhã, em Tróia, o Francisco volta sempre para casa ao colo porque vai a dormir. Não falha. Ora neste sábado vinha eu a sair da praia “pé ante pé” para não o acordar… e entra uma trupe de palhaços pela praia adentro, mesmo.
Estava à espera de tudo menos disto… (expressão que diz muita coisa e coisa nenhuma).
A palhaça da frente vinha de megafone a anunciar a chegada de tanta animação, outros tantos atrás a fazer palhaçadas mas com o ar mais profissional deste mundo, e para terminar em grande… o último palhaço trazia uma coluna de som, transportada numas rodinhas.
Acho que não é preciso dizer que a criança acordou…

Extreme

Agora que sou Extreme, nos últimos dois meses, começo a descobrir que algumas das pessoas importantes para o F. também o são. Por exemplo o afilhado e um dos grandes amigos. Adivinhem quem também poupa lá em casa?
Eu, qual Mormon, espalho a palavra e demonstro as vantagens de ter este plano tarifário da Vodafone. Eu falo cada vez mais ao telemóvel, e ao fim do mês ainda tenho dinheiro no telemóvel, o que é inédito! Andava sempre sem saldo, falava na versão rápida para gastar o menos possível, e carregava o mesmo dinheiro que carrego hoje.
Boa mudança!



Nota: Estão a imaginar-me neste look? Claro que sim, tudo para vos converter ao Extreme.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

A minha mais recente aquisição

É a piscina do Francisco, Verão 2010, que o pai descobriu no El Corte Inglés. Um verdadeiro achado. Na realidade já tinha tido uma piscina este ano, a típica insuflável, mas no segundo dia ganhou um furo graças às muitas conchas partidas que fazem parte da composição da areia da praia de Tróia.
Estou super fã da nova piscina do Francisco que é super prática, leve, tem tanto espaço como as outras do costume, não fura, não é preciso insuflar e é super fashion!

Ah! Também há em rosa. Esperem... e o preço? Bom... o original é 41,30€ mas com os saldos ficou 36€, mas com uma "ajuda" preciosa da sogra... ficou a preço de amigo.


quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Há espaço para mais um?

Na terça-feira, 3 de Agosto, foi dia do Vasquinho nascer (segundo filho, da mãe do kiko). Já não me lembrava que os bebés eram tão pequeninos… Todo enrroladinho, cheio de soluços, e super calmo, apesar das visitas barulhentas. Chegámos a ser 9 dentro do quarto! Mãe sofre.
Começo a sentir-me em casa na CUF…

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Sim, eu sei que ainda faltam 5 meses

Era só para dizer que na sexta-feira passada, dia 30 de Julho, comprei os primeiros presentes de Natal, e foram logo quatro de uma vez! Gostei tanto de um que ainda andei a reconsiderar se não ficava para mim…

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Francisco-aranha

A minha sogra ofereceu uma aranha ao Francisco. Eu que sou totalmente contra as aranhas, não só pelo perigo associado mas também como diz um amigo do F. que é pediatra, porque “torna as crianças preguiçosas”.
Fiz o meu melhor sorriso, agradeci, e enfiei lá o meu filho a muito custo. E agora vou ensinar o Francisco a andar em contra-relógio para evitar que se meta naquela gingajoga. Temos até Outubro para pô-lo a andar! Altura que deixamos de ir passar os fins-de-semana em Tróia, e vemos a sogra uma vez por semana.

Nos últimos dias

Nos últimos dias: a minha prima que acha que vai nascer a 29 de Outubro foi jantar lá a casa mais a mãe, a minha sogra ofereceu uma aranha ao Francisco, afinal (e se não houver nenhum imprevisto) vou ter 6 dias de férias (a contar com o fim-de-semana), jantámos com os pais do Kiko para nos despedirmos da barriga “Vasquinho” e tivemos a primeira festa da temporada para celebrar um ano. O sobrinho contemplado: Zé Maria.
O Francisco já tem o seu primeiro dente, e também já teve a sua primeira queda livre, eu a assistir, e a não consegui evitar…
E não chegámos atrasados a lado nenhum.