segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Grávida para sempre

É assim que me sinto, por mais coisas que faça, programas que combine, filmes que veja… os dias não andam. Estou parada no tempo, vou ficar grávida para sempre! A obstetra só sabe dizer que “está a evoluir” mas eu não vejo nada… Na quarta-feira lá vou eu fazer o terceiro (!) CTG e aqueles extras que dispensava. Caramba deve ser mesmo bom estar dentro da minha barriga! E com tantos dias para escolher, vai escolher o meu, esta criança é do contra… e ocorrem-me duas pessoas a quem ele sai…

Recomendo vivamente este filme



O filme Rachel Getting Married é “um atractivo e emocional drama sobre crises, conflitos e tragédias familiares. A protagonista deste interessante filme é Kym (Anne Hathaway), uma jovem problemática que após ter passado uma temporada numa clínica de reabilitação, regressa a casa para participar no casamento da sua irmã Rachel (Rosemarie DeWitt). Este regresso de Kym não é pacífico e reacende uma série de problemáticas e conflitos familiares que ameaçam estragar o tão aguardado casamento.
(…)Uma obra simples e eficaz que através dum estilo quase documental, retrata de forma livre e clara as disfunções emocionais de Kym e da sua família. O trabalho de câmara de Demme, nunca oferece ao público planos extremamente elaborados mas fornece-lhes, uma visão pessoal e intimista dos acontecimentos, através duma realização próxima e atenta ao ambiente e emoções que rodeiam a personagem principal”.

Não parece que estamos a assistir a um filme, não só pela forma como está filmado mas pelo filme em si, viramos voyeurs dos preparativos de um casamento muito personalizado, a ideia deste casamento é uma boa ideia a copiar. Vejam o filme, eu e o F. recomendamos vivamente.

Nesting

Dizem que quando a mulher fica grávida, o instinto de nesting fica bem aguçado nas últimas semanas, e surge uma energia do nada e começa a arrumar as coisas em casa enquanto espera que o bebé nasça.
Ontem acho que tive um ataque de nesting: limpei o frigorífico, andei a limpar azulejos, apaguei riscos e marcas das patas do Gaudí da parede, limpei o pó aos candeeiros, arrumei saquinhos que andavam espalhados pela casa… Depois parei porque não me lembrei de mais nada para fazer.

Festival do Chocolate

Fomos no sábado ao Festival do Chocolate em Cascais no Forte, e revelou-se o maior flop. Havia poucas lojas de chocolate, as existentes, para quem não conhecia, tinham muito poucos produtos e a informação sobre as mesmas era escassa, para não dizer nenhuma.
Estava à espera de espaços com fondue de chocolate, lojas cheias de bolos de chocolate diferentes, enfim coisas óbvias (achei eu) mas afinal no sábado à tarde já não havia quase chocolate em lado nenhum e o pouco que havia era embalado.
De Festival só o nome, muito mal organizado, mal representado e em 5/10 minutos vimos tudo o que havia para oferecer…

Moral da história? Acabámos no Pasta Café a comer um “Padrinho” muito bem servido, o F. explicou ao empregado do restaurante que era a minha despedida de grávida. Para quem não conhece a sobremesa, é uma taça com brownies, gelado de nata, calda de chocolate quente e chantily. Uma coisa levezinha.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Marcação cerrada

Todos os dias, dois ou três “elementos” telefonam para saber se o Francisco já nasceu ou está em vias de… Se por acaso calha um de nós não atender o telemóvel na hora, começam logo a magicar.
O pico de “audiências” foi na quarta, mas parece que a tendência é para o Clube de fãs aumentar…

Mimos 2

E enquanto o senhor da portagem de Carcavelos deseja-me “felicidades”, a cliente que está à minha frente na fila do supermercado Pingo Doce pergunta-me se está tudo bem comigo, mas não me deixa passar à frente, apesar da chamada de atenção da senhora que está na caixa registadora. A cereja no topo do bolo, foi quando duas empregadas na Zara passaram por mim e disseram: “vê lá se queres ficar como aquela?” ao que a outra responde “como? obesa?”. Sai da loja com o ego inchado.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Superstições

Não sou supersticiosa e não tenho a menor paciência para esse tipo de crenças populares. E é claro que as grávidas, como já têm pouco com que se preocupar, também não poderiam escapar às superstições.
Aqui vão algumas delas que circulam por aí: as roupas do bebé não devem estar abotoadas, não se deve montar a cama/berço antes do bebé nascer, a grávida não deve usar roupas com laços à volta da barriga, e também não deve andar com as chaves penduradas à cintura (algo muito prático), deve comer bastante fruta para ter um filho simpático (please!) etc, etc, Na maioria dos casos quem não cumprir com estas superstições está sujeito a um rol de desgraças.
Claro está que ignorei tudo, a única coisa que ainda não está feita é a cama porque acho que faz mais sentido fazer quando o Francisco nascer, aliás a avó C. já se voluntariou para esta tarefa enquanto eu estiver na maternidade. Resta saber quando é que isso vai ser…

Faltam 7 dias

Ontem para além de ter ido ao Hospital fazer algumas “análises” de rotina aproveitei também para ter uma visita guiada no piso onde vou ter o Francisco. E vi uma grávida a preparar-se para ir ter a sua criança, com a camisa de noite sexy do Hospital vestida (toda carimbada com o logo da Instituição) e respectivo robe a condizer. Passei por mais duas salas onde estavam mais duas mulheres em trabalho de parto e vi mais uma ex-grávida com um sorriso de orelha a orelha, a sair da sala já com a criança cá fora.
Gostei da calma e silêncio que reinava naquele local.

Passo a explicar, uma vez tive que ir às urgências do Hospital S. Francisco Xavier, e estava lá uma mulher a parir e a gritar tanto que se ouvia na sala de espera… fiquei bastante traumatizada com a experiência, a senhora parecia que estava a ser torturada. Foi horrível.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Gadgets Vs Família F.

Os gadgets estão contra nós (eu e F.) logo agora quando precisamos mais deles. Primeiro foi a máquina fotográfica que avariou e teve um processo atribulado até ser arranjada, e agora o telemóvel do F. praticamente pifou… o visor apagou por completo. O que significa que se o F. não ouvir uma chamada, não sabe que lhe ligaram, tal como também não consegue ler/enviar mensagens.
Solução temporária: Esta a usar o meu Nokia 3310, esse nunca falha!

Ah! O arranjo do visor era 85 euros mais IVA. Obviamente que recusámos, por este preço compra-se um telemóvel novo.

V. prepara-te que daqui a uns tempos estou a ligar-te para me dares conselhos sobre o telemóvel ideal.

Henrique

E no sábado o meu mais recente sobrinho-lindo nasceu. A mensagem que o pai enviou não foi nada cliché… “já nasceu e chora que se farta”. Muito cómica.
Na terça-feira tive o prazer de conhecer o Henrique, e que baby mais fofinho, tão pequenino, todo tão perfeitinho, e cheio de força.
Ainda me faz alguma confusão pensar que aquele bebé estava na barriga da M., é esquisito, não consigo explicar.
Pegar no Henrique ao colo é outra sensação inexplicável, só dava vontade de dar mimos… dada a minha actual falta de espaço tive que o sentar “em cima” do Francisco, que passados alguns momentos reagiu à sua presença.
Mais um momento Kodak, desta vez na companhia da A.

Nota: tem o bronze do pai e a boca da mãe.

Parabéns aos pais!

Mimos

Não sei o que se passou hoje… mas família e amigos ligaram-me em peso para saber se eu estava bem e/ou se o Francisco já tinha nascido. Pareciam que tinham combinado, quando desligava um telefonema, recebia uma mensagem… e passado um bocado já estava o telefone a tocar outra vez…
Pelas minhas contas: Tia M., Tia A., Tia R., Sú, prima S., C. Eachtime, M. e J. E ainda tive direito a um mimo de grávida: o primo C. veio de propósito a minha casa trazer-me uma mão cheia de dvds para me animar nas minhas tardes de espera… Os avós também passaram por cá para oferecer mais uns presentinhos, parece que ainda não tinham oferecido o suficiente…

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sempre um passo à frente



Se a minha mãe visse isto diria "eles já não sabem o que inventar..."
E eu assino por baixo.
Raquel.

Best of do C.P.P.

As minhas aulas do Curso de Preparação para o Parto estão mesmo a acabar, na próxima segunda-feira, será finalmente a última. Pelo caminho houve bastantes desistências, de uma sala cheia de 12 inscritas, ficámos reduzidas praticamente a metade. A grávida-adolescente foi a primeirinha a desistir, o que foi uma pena, porque tenho a certeza que a mãe dela (a sua acompanhante) teria dado uns bons posts…
Foram alguns os momentos hilariantes deste curso, de todos destaco três:

1)Na primeira aula a fisioterapeuta que dá o curso, disse para anotarmos o seu número de telefone que estava escrito no quadro afixado na parede… Acima desse número estava um desenho bastante gráfico de uma mulher de pernas aberta, e mais nada, ao invés do clássico nome. Será que fui só eu que reparei?

2)Na aula “higiene da grávida e respectiva preparação para o dia do parto”, a fisioterapeuta sugeriu que se a mulher não conseguisse fazer a sua depilação, que pedisse uma ajudinha ao marido, pois seria com toda a certeza mais delicado do que a enfermeira do hospital. Acho que não preciso de dizer mais nada.

3)Ontem uma das “alunas” durante o tema, “o banho do bebé”, sugeriu que se lavasse a criança com sabão azul e branco… porque de acordo com a sua experiência pessoal seria melhor, mais eficaz. Pois a dita senhora tinha tido uma inflamação nos olhos que tinha curado com o sabão azul e branco, a conselho do seu médico. Paciente estranha, médico estranho.

À espera…

E desde segunda-feira estou oficialmente em banho-maria. Estou literalmente à espera que o Francisco nasça… o que para mim é um problema, primeiro porque tenho uma certa dificuldade em esperar no geral, segundo porque já não aguento mais de curiosidade, preciso de vê-lo, e terceiro porque o tempo parece que passa arrastado, apesar de já só faltarem (supostamente) nove dias.
Apesar de tanto tempo livre, não me sinto de férias…

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Fim-de-semana em festa

O fim-de-semana começou muito bem.
No sábado nasceu num ápice o Henrique mesmo à hora do lanche… (farei um post quando o vir ao vivo e a cores), à noite fomos jantar a casa da Ca. e do X. (já tinha ouvido falar muitas vezes nesta casa através do F. que passou grandes momentos da sua infância aqui) e de facto é um espaço muito especial. Aproveitámos para ver/comentar todos juntos as fotos do casamento da M., e ter mais um jantar em família, que como sempre teve os seus momentos hilariantes…
No domingo foi a festa de anos do Estrelinho que fez 2 anos (ele faz figas quando diz que tem dois anos, o que me faz lembrar uma das primeiras fotos que lhe tirei quando era bebé e que está precisamente a fazer figas!), e para apagar duas singelas velitas deu banho ao bolo… o Kiko está cada vez maior (e já está a mudar de feições) e o Zé Maria não sei o que anda a comer… mas vai pelo mesmo caminho. De um ano para o outro “a mesma festa” ficou cheia de crianças.

A semana que passou…

Demorou a passar já que era a minha última de trabalho. Pelo meio ainda tivemos o prazer da visita da E. e do Estrelinho, que aprovou o quarto do Francisco, mas deu o seu toque pessoal, algo que estava a faltar num quarto de criança… sentou os bonecos todos alinhados no sofá (antes estavam todos ao molho numa cadeirinha). E ainda houve tempo para dar um miminho à sogra (foi jantar lá a casa), que anda um bocadinho grande triste porque já não tem nenhum filho em casa… Na sexta foi a despedida da grávida M. no Santini (somos muito originais, eu sei) e foi também a oportunidade de ver alguns amigos desaparecidos em combate…

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

15 dias é muito tempo…

Faltam 15 dias para o Francisco nascer, e eu já estou em fanicos. Hoje fiz o primeiro CTG entre outras coisas e a médica informou que a criança não vai sair daqui tão depressa… está armado em pontual! Portanto, até informações em contrário, só sai daqui (barriga) às 40 semanas.
Para a semana já estou de férias porque já não estou no meu estado normal… preciso de descansar. Estou de rastos, ou melhor dizendo, arrasto-me…

O Grande Casamento

Sábado foi o dia do casamento da mana M. Pela primeira vez na vida acompanhei de perto os preparativos de um casamento, e há um ano atrás parecia que ainda faltava tanto tempo… Num estalar de dedos estávamos no dia 10 de Outubro de 2009.
Ajudei a noiva a preparar-se em conjunto com a mãe, a tia, e as madrinhas. Fiz fotos do making off… e o F. também tirou várias fotos. A M. estava linda.
Casamento “marcado” para as 17h00, noiva chega atrasada mais de meia-hora, primeiro entra o F. e a mãe na igreja, e logo atrás o pai com a noiva. E fartei-me de chorar neste casamento, primeiro com a entrada da noiva, e depois com a leitura personalizada do F. que dedicou à avó e à mãe, neste caso ficou a igreja toda a chorar. É que não estão mesmo a ver…

A “Quinta” onde foi o copo d’água era no centro de Lisboa. Tudo estava perfeito: o jardim enorme, a iluminação do espaço, a banda Jazz a tocar, a comida, e para variar conhecia a maioria dos convidados…

Particularidades a destacar:
Na lista das mesas, o meu Francisco também teve direito a ter o seu nome inscrito, aliás a M. fez isso com todas as grávidas convidadas, seis no total.

Todos estavam super bem dispostos, cheios de energia, estava tudo eléctrico e o F. também foi contagiado pelo ambiente. Só saímos de lá quando a pista fechou às 6h30. Mais as despedidas e tal chegámos a casa às 7h30! Relembro que estou grávida. Não consegui arrastar o F. da pista. Estava acelerado!

Foi o primeiro casamento a que fui, onde 100 dos convidados eram os amigos mais chegados... dos noivos.

O primo M. apanhou a sua primeira bebedeira mas alguém apanhou o seu primeiro vomitado, se soubesse que era dele tinha tirado foto. Juro!

O fotógrafo não era o típico dos casamentos, aliás ele nunca tinha fotografado um casamento na vida, era amigo do noivo e a área dele é o desporto… portanto ao contrário dos fotógrafos “normais” que tiram fotos espaçadas, ele disparava cinco fotos de seguida como se fosse apanhar um golo ou um lance espectacular.

Fui altamente assediada por um amigo do noivo, e o F. ao lado a achar imensa graça…abraçou-me, fez festinhas à minha barriga…parecia que nunca tinha visto uma grávida.

Tirámos fotos comprometedoras a uma babysiter que por lá andava, que por acaso era irmã de uma grande amiga nossa…

Tirámos muitas fotos e fizemos vários filmes.
Foi mesmo muito giro.
Melhor impossível.
Não consigo encontrar um defeito…

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

E depois os americanos querem ser levados a sério...


New Anti-Smoking Ads Warn Teens 'It's Gay To Smoke'

Fim-de-semana prolongado

Com tantos dias, todos os programas tinham que calhar no domingo. Lanche infantilóide do primo R. que fez um ano, e depois ir a correr para o jantar de despedida das barrigas da “Colecção Outono/Inverno” e infelizmente não ter energia para ir à despedida de solteira da mana M.
O jantar tinha mais grávidas do que não-grávidas, será que estamos a ficar velhas?, a Maria revelou-me o nome do seu namorado, e de mais dois pretendentes que não resistem ao seu charme, aproveitou ainda para deixar os peixes do aquário do restaurante completamente assustados com as suas flashadas patrocinadas pela máquina da tia M., o Afonso não parou quieto um segundo, o oposto do Andrézinho que é a calma em pessoa. Crianças…
Estava lá quase toda a gente, só faltou mesmo a presidenta da junta, o marido da A. e mais recentemente, a ex-coleguinha do colégio…
O Francisco recebeu ainda um presente muito giro da tia J.

Primo C.

Ou não lhe ponho a vista em cima durante meses, andamos sempre desencontrados… ou tenho o prazer da sua companhia para lanchar lá em casa, e na mesma semana ainda vamos almoçar fora.

sábado, 3 de outubro de 2009

BMW viral 1

"Concebida pela agência Fallon Minneapolis e protagonizada por Clive Owen, esta série destinada apenas à Internet conta ainda com a participação de Gary Oldman, James Brown, Don Cheadle, F. Murray Abraham, Maury Chaykin e Kathryn Morris. Outras personalidades como Marilyn Manson, Ray Liotta, Robert Patrick, Dennis Haysbert e, claro, Madonna também se sentiram atraídas por este desafio da marca alemã.

Mais de cem milhões de pessoas em todo o mundo visionaram estes filmes. A BMW abria, assim, as fronteiras no início da década a uma nova forma de comunicação. Chamando, para o ecrã on-line prestigiados realizadores de Hollywood e actores de renome".

Imagens de marca

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Outubro

É oficial, chegámos ao mês de Outubro.
É que com tanta coisa que vai acontecer neste mês nem me lembro que faço anos… Há alguns meses atrás ainda falei com o F. de fazermos um jantarzinho para os amiguinhos mais chegados mas ele lá me convenceu que é capaz de ser arriscado… E depois a criança se lhe dava para nascer a meio do dito jantar, era chato mandar os nossos convivas embora sem sobremesa nem nada.
Pela primeira vez na minha vida não vou celebrar os meus anos.

Tortura de chocolate

Esta semana enviei um email geral a solicitar ajuda para um artigo sobre Chocolate! E quilos de amiguinhos responderam com sugestões muito boas.
Grávida, e cheia de restrições alimentares escrever seis páginas sobre o meu vício ia ser complicado… por isso fiquei com outros temas, mas a minha editora pediu-me ajuda para a acompanhar no tour pelas lojas da especialidade. Na terça-feira descobrimos lojas fantásticas em Lisboa, e só uma vez experimentei duas pontinhas de chocolate, um era bom, o outro parecia que estava a comer terra, era 100% cacao. Blargh!
Não sei como resisti à tentação… o cheiro, chocolate do chão ao tecto, de todos os sabores e feitios…
Pelo meu périplo fui encontrada pela J. e respectivo o Zé Maria.