quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Ter um filho que perde tudo...sai caro

No colégio dos meus filhos os extremos tocam-se. Tanto temos paizinhos que levam as crias de Porsche para a escola, como o meu filho perde 2 (!) casacos de inverno neste mesmo colégio e eles nunca chegam a aparecer. Foram portanto roubados! Alguma mãe/ pai achou que os casacos eram muito jeitosos e achou por bem que não deveriam voltar ao dono.

Este ano vou escrever o nome do meu filho no casaco, em todo o lado. Até já pedi à minha mãe para bordar as iniciais em locais secretos! Se alguém tiver uma ideia genial por favor partilhe!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

A melhor razão para terminar um namoro

Quando a tua filha de 5 anos te diz que já não namora com o Bernardo (namorado de longa data) porque ele fez xixi nas cuecas. E isso, minhas amigas, é inadmissível. Acho que é razão mais do que suficiente para terminar uma relação!

Impagável o ar sério da Beni a contar-me está novidade ultrajante.

domingo, 8 de outubro de 2017

Frio na barriga

Nunca liguei muito a frases feitas que muitas pessoas adoram partilhar nas redes sociais mas li esta frase numa revista e achei que era a minha cara.

"Se não a assusta é porque não está a sonhar suficientemente alto" Tory Burch (criadora de moda).

E isto sou eu. Já mudei muitas vezes de emprego porque preciso de desafios, preciso de aprender coisas novas, o medo na vida profissional alimenta-me. Preciso de sentir nervoso, de pensar em novas maneiras de fazer o que já foi feito. Só conheço uma pessoa da minha idade que tem o mesmo emprego desde que saiu da faculdade. E isso não era vida para mim. Que infelicidade seria.
Neste momento, e dois anos depois de estar no mesmo emprego... estou a começar a ficar com muita vontade de mudar. Vamos lá ver se ganho coragem para mandar tudo às urtigas e começar tudo de novo. A minha voz interior está a ficar intensa... Até já sei para onde gostava de ir a seguir...

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

3° filho, não obrigada

Depois de na semana passada achar que poderia estar grávida... com direito a teste de gravidez na farmácia e tudo. Respirei de alívio quando deu negativo. Até fui mais leve para casa. Esta era sem dúvida a pior fase da minha vida para estar grávida!
Não estou nada preparada e acho que nunca vou ficar.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Freud explica?

Em ocasiões especiais ou para pessoas especiais eu peço encarecidamente aos meus filhos para fazerem um desenho para oferecer.

O Francisco despacha tudo em três tempos. Se o desenho for para o avô, desenha ele e o avô, se for para uma prima, desenha ele e a prima e assim sucessivamente.

A Beni é completamente chanfrada! Quando pedi para desenhar um desenho para a Tia Anica ela desenhou a tia a ser atropelada por um carro, quando pedi para fazer um desenho para o avô desenhou o avô a ser comido por um gato, e a própria a salvar o avô... e assim sucessivamente...

E quando já está farta de pintar no papel e nas paredes (um clássico nuca sai de moda) decide pintar o cabelo do pai com caneta de feltro. Sim, leram bem. O pai achava que a filha lhe estava a fazer festinhas no cabelo e quando se apercebeu da asneira, passou a mão pelo cabelo... e estava azul... Repreendeu-a. Resposta pronta da miniatura: "Qual é o mal pai? Nem se vê".

E assim vai a nossa vida na malucolândia...

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Marcas de leite sem lactose

Por força das circunstâncias há alguns anos tive que passar a beber leite sem lactose, e provei todas, ou quase todas as marcas existentes no mercado. E cá vai a minha pesquisa de mercado:


  • Mimosa - a pior marca de todas. Um leite super doce. E infelizmente a marca que está disponível em todos os supermercados, mercearias e pastelarias.
  • Vigor - o melhor de todos, nem parece leite sem lactose. Vencedor destacado.
  • Ucal e Nova Açores - também são boas marcas.
  • Marcas brancas - pingo doce, jumbo ou continente também é bom o leite, é mais barato mas muitas vezes está esgotado. Demorei bastante tempo a descobrir a marca do pingo doce porque nunca havia o leite exposto nas prateleiras do supermercado.
Boas compras!


quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Deixar de beber leite

Acabaram-se os nestuns de chocolate, os cérelacs, os leites de chocolate, os cornflakes. Já não posso beber leite e fiquei cheia de pena. Comecei por ser intolerante ao leite normal, e passei a beber sem lactose (provei TODAS as marcas do mercado) e nós últimos tempos já nem o leite sem lactose. E tive que reiventar os meus pequenos-almoços e lanches. Adeus leite, olá sumo de laranja e chá.

Enfim, tenho saudades de beber leite mas paciência. Há coisas piores.