terça-feira, 31 de maio de 2011

A música de hoje



Vamos ignorar os tiroteios... não encontrei o vídeo oficial...

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Concerto do afilhado

Sábado à noite saímos de casa a pé, e em dois minutos chegámos ao local onde ia ser o Concerto do afilhado. Confesso que não estava com grande vontade de ir... mas depois adorei.
A mana do F. também foi. Nós éramos dos mais velhos, portanto: era só criançada dos 18 para baixo.
O M. e a sua banda deram show: puseram um público difícil a cantar, a bater palmas e coisas que tais. Foi muito giro, chegámos às 23h00 e acabou por volta da 1 e tal da manhã. Não demos pelo tempo passar.
Quando chegámos ainda assistimos ao resto de um concerto de outra banda que foi um verdadeiro suplicio: uma verdadeira barulheira, ouvia-se mais os instrumentos do que a vocalista, a dita banda não interagiu com o público, uma das guitarristas teve o tempo todo de costas (!?) para a plateia. Não percebo, deve ser cool nesta geração... Não captei mesmo.

Secret Spot Häagen-Dazs

Sexta depois das 18h eu e o F. fomos para o Secret Spot da HD na companhia da Estrela e do Vi.
O meu sobrinho não estava a acreditar que no dito espaço davam gelados (que maravilha!) e que tinha uma piscina de almofadas (excitação total!).
Um fim de tarde fantástico, na conversa, entre gelados, cócegas (e respectivos aquecimentos) e o Vi teve o tempo todo na piscina (de top) e saiu de lá sequinho. Os miúdos hoje em dia são muito à frente... Depois passámos pela Pizza Pezzi (levámos pizzas para casa) e já com o Nico jantámos todos juntos (o Vi disse que queria ver aquelas bochechas... Lindo!). Um fim de dia muito bom.

A repetir já esta sexta! Catarina e Janeca alinham? tragam a rapaziada!

Nota: Estas fotos não são minhas, e a foto que está a faltar é a da vista fantástica sobre Lisboa e o Tejo.





sexta-feira, 27 de maio de 2011

Desabafo do dia... (e com muita vontade de rir)

Ainda não percebi porque é que me perguntam a opinião... e depois não gostam do que digo.
Se querem que vos passe a mão pelo pêlo quando têm que ouvir a verdade... estão a pedir para o peditório errado. E depois dizem que sou má! Só digo o que todos pensam.

Note bem: e quero que sejam comigo assim também. A pessoa que preenche na perfeição estes requisitos é a minha mãe. E ás vezes dói um bocado ouvir a verdade (o F. até fica parvo com as conversas entre mim e a minha mãe), mas tem que ser.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Príncipe Carlos

Uma das características que aprecio no Padrinho do meu filho é o facto de estar sempre pronto para coisas novas. E ele é assim em tudo.
Quando digo coisas novas ocorre-me a viagem que fez à China e comeu a bicharada mais estranha que vocês possam imaginar, não como um acto de coragem, mas só para saber ao que é que sabiam. Ou então quando foi trabalhar como voluntário para os EUA num campo de férias para crianças deficientes, algumas delas com doenças muito complicadas. E ainda, quando visitou o Brasil, e meteu-se em plena favela, na companhia de um amigo polícia, é certo, para ver de perto como era viver naquelas condições.

Não sei se já tinha dito hoje… mas adoro o meu primo! Aqui fica a minha pequena homenagem ao Padrinho do Francisco. Não poderia ter escolhido outra pessoa.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Diz que vai chover...

E ainda bem que as previsões meteorológicas andam a falhar.
Dois fins-de-semana fantásticos em Tróia, sendo que no penúltimo esqueci-me dos óculos de sol e do saco de praia (vazio) em Lisboa... O que foi genial tendo em conta que não ia tirar o pé da areia dois dias seguidos!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

12 anos

É só para dizer que hoje comemoro 12 anos com o F.!
É tudo.

terça-feira, 17 de maio de 2011

E já que estamos numa de "descubra as diferenças"...



Evoluímos do chapéu de chuva para a pancada

É impressão minha ou esta cantora com fãs maioritariamente pré-adolescentes, só canta que gosta de levar pancada e sexo a torto e a direito?

Antes a Rihanna cantava que o seu apaixonado podia ficar debaixo da sua "umbrella" ou então que estava tão apaixonada que precisava de ajuda para esta doença do amor...
As miúdas crescem tão rápido.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Estranhos

A verdade verdadeira é que tenho medo dos estranhos. Farto-me de relatar episódios insólitos com desconhecidos mas desde que o Francisco nasceu a pouca piada que achava… desvaneceu-se.
Na realidade não gosto que os estranhos se metam com o meu filho, não gosto que dê nas vistas, não gosto que lhe toquem. Não gosto.
O problema é que quando eu e o F. saímos à rua com o Francisco os casos e as situações triplicam… Não percebo tanta excitação com um bebé.

A mais recente: no Pingo Doce, o Francisco instalado no carro de compras, olhei por dois segundos para o senhor do talho que me estava a atender, quando voltei a olhar para o meu filho, estava um homem a fazer-lhe cócegas nos pés!? Sublinho que a criança estava com sandálias e foi uma situação estranha, sendo que o Francisco não estava com mínima vontade de rir. E eu também não.
Lá tive que reforçar a ideia que ele não tinha cócegas nos pés. Para ver se o senhor largava o pé do meu filho. Quando a minha vontade era de ter-lhe tirado de imediato a mão de cima do Francisco e dizer-lhe para a guardar no bolso! Detesto ter de ser diplomata.

terça-feira, 10 de maio de 2011

O fim-de-semana que passou...

Na sexta à noite o Francisco aprende com a tia Estrela a fazer olhinhos. Nunca mais se esqueceu.

Sábado andou a confraternizar num Parque em Monsanto, e uma menina-desconhecida foi ter com ele para lhe dar um beijinho. O pai diz que a filha gosta muito de meninos... (começa cedo!).

No dominho, o F. sugere irmos correr de manhã para o Estádio Nacional (algo completamente inédito) fiquei podre e só corri meia-hora. Almoço nos meus pais, à tarde vamos a uma dupla festa de anos de criançada (Salvador e Maria) e nesta festa a Cáti descobre que afinal as gomas têm mais do que 3 sabores (ursinhos, coca-cola e bananas), o Francisco fica encantado com o bolo de anos do Salvador, um carro igual ao filme Cars, o Faísca, para os amigos. Vou fazer um igual para os 2 anos do Francisco! E pego finalmente na Ema ao colo. Um verdadeiro peso-pluma.
À noite, jantar de anos do afilhado, 18! O F. oferece-lhe o seu Citroen Saxo.

Quando cheguei à cama nem queria acreditar.

O túnel (pavilhão) da Babel



Só mais uma coisinha... quando fui à Feira eram quase 19h00 e não se aguentava dois minutos dentro dos túneis da Babel. Imagino à hora de almoço, num domingo cheio de gente. Sauna!

Feira do livro 2011

Hoje foi dia de ir à Feira do Livro e só comprei livros para o Francisco.
E foram:









O mais barato foi o das "365 Histórias" custou 5€ (é da Babel)! No entanto a média de custo dos livros foi de 8€. A maioria dos descontos na Feira é de 20%, mas na Babel ainda dá para encontrar boas pechinchas! Só é pena terem inventado um pavilhão diferente do resto da feira, um verdadeiro túnel, que é um forno em dias de calor como o de hoje. Quem criou estes "pavilhões" claramente não é frequentador da Feira: não percebe que um dos atractivos deste evento é o facto de ser ao ar livre, e outro é também poder circular à vontade. E dúvido que ao fim-de-semana não haja engarrafamentos nos vários "túneis" da Babel. É uma pena...

sábado, 7 de maio de 2011

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Curiosidades avulsas do casamento

O principe William não usa aliança, apenas Kate. A razão é meramente pessoal.

Antes do casamento foi entregue a todos os convidados um resumo do protocolo, mais precisamente 23 páginas, uma das regras era que as senhoras deveriam usar chapéu com um diâmetro limitado, para que não tirassem a visão aos restantes convidados na igreja.

Três convidadas usaram o mesmo vestido no casamento.

A igreja foi decorada só com plantas vivas, que serão replantadas após o casamento.

O vestido de noiva de Kate já foi copiado e já está disponível para quem o quiser comprar. Não, a cópia não é perfeita, mas também não há milagres.

A tal moldura de que vos falava no post abaixo

Cá está! Confirma,era mesmo uma moldura.



terça-feira, 3 de maio de 2011

Plebeia vs Realeza

Não podia deixar de falar do casamento de William e Kate. Realço a diferença do bom gosto da plebeia Kate em contraste com o desastre que foi a escolha das primas reais Beatrice e Eugenie. Medo muito medo... A de azul parece que pediu o vestido emprestado à porteira, a de tons pastel parece que leva uma moldura na cabeça. A sério, não houve uma alma que desse a opinião sincera às primas? E não me venham com a conversa que são estilistas famosos, o resultado está à vista.







segunda-feira, 2 de maio de 2011

Elogio do afilhado

"Desde que nasceu o Francisco já não acho piada a cães bebés"

Nota de autor: Parece que o meu filho é mais interactivo...

domingo, 1 de maio de 2011

Feirar

Passámos pela feira de Cerveira, e a irmã do F. fez tudo o que não se deve fazer quando se está interessado num objecto. Eu a negociar, a fazer conversa com o vendedor e a mana que ao invés de alinhar na minha conversa , fazia pior… contradizia-me. Por exemplo? Eu a tentar baixar o preço de uns calções que iamos oferecer aos respectivos maridos, e a inventar que eram capazes de não gostar de um pormenor na dita peça, e ela contrapunha “acho que eles nem vão reparar…” ou assim que viu uma camisola para oferecer ao marido disse “era mesmo isto que eu queria”. Eu se fosse o vendedor tinha aumentado logo o preço.
Enfim, teve que levar com um briefing após aquela compra para que não me estragasse mais os meus negócios. O vendedor dos calções que ficou a meio caminho da minha vontade, disse:”Posso lhe dizer que é a primeira vez que sou enganado por duas mulheres. Não diga nada à minha.”
Mal sabia eu que algumas horas depois estaria de volta à dita feira, agora com o F. e o afilhado debaixo do braço porque o tamanho dos calções estava totalmente errado. Só para terem uma ideia, o afilhado que é uma elegância, quando vestiu os calções que tinha comprado ao F. parecia um tirolês! E a tal mulher do vendedor teve o prazer de ver os dois de boxers mesmo à sua frente, já que não havia provadores. A sua expressão facial foi um misto de prazer e embaraço.

Páscoa-Surpresa

Foram quatro dias de Páscoa fantásticos.
Recebemos a excelente notícia que o Francisco vai ter um primo novo, os novos pais estavam na maior excitação e ao mesmo tempo receosos…
Nestes dias deu para descansar, fazer muita esplanada, fazer caminhadas, passear os cães (pois claro!), agora com um Táxi e sem a Matilde (que já morreu). Muita conversa até tarde, muita risota, brincadeiras com o Francisco no parque e muita fotografia. E feirámos bastante em Cerveira, pois claro.
Quando as férias acabaram fiquei com uma neura…