sábado, 30 de agosto de 2008

Marés Vivas (sem Pamela Andersen)

Tivemos dias fantásticos de praia, mas num deles também tivemos marés vivas…
Já que não dava para estar na praia (porque tinha diminuído consideravelmente de tamanho) nem para ir à água… decidimos fazer uma caminhada na praia com os primos, e documentar (leia-se fotografar/ filmar) o momento.
Lá íamos os quatros a passear numa tira de areia, e tal, e o F. encontra quatro amigos no caminho e ficam à conversa, eu e os primos parámos um bocadinho mais à frente à espera.
De repente vem uma onda, maior do que parecia, mais comprida do que parecia, e eu (a achar que tinha tudo controlado) decidi pôr-me de bicos de pés (!). A onda bateu na duna (que estava mesmo atrás de mim) e voltou para trás, e passou-me por cima.
Em menos de um segundo, estava encharcada, e sentada no meio do chão com o meu vestidinho de malha ensopado, e com a plateia dos amigos do F. a assistir.
Só me restou rir… e tive muita companhia.

Nota: Confirma, as marés vivas são mesmo perigosas, e quando menos se espera somos arrastados. Ah! E não vale a pena pôr em bicos de pés, não funciona mesmo.

As férias em Viana do Castelo

Foram 15 dias de muita praia, esplanada, gelados, corridas com os cães, tostinhas fofinhas de chouriço, tardes na piscina com a família (quando estava nortada), jantares com os amigos do Porto, petiscos em Espanha, "visitas" às feiras locais e muitos debates, pois claro.
Há muito tempo que não tinha duas semanas de seguida só de praia. E foi uma maravilha.

De regresso

Já voltei de férias…

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Sudoeste

E lá fomos nós ao Sudoeste, na sexta-feira, pois claro, ver Chemical Brothers, pois claro!
E ainda bem que fomos! Amei, adorei. Estiveram sempre no seu melhor. Um concerto para não parar de saltar. Aqui fica uma pequena amostra do que foi…



Chegámos quando cantava a Yael Naim, e apanhámos a “melhor” música, a conhecida “New Soul”, música popy. Amanhã já ninguém sabe quem é a senhora…
A seguir foi a vez de Goldfrapp, foi interessante, (conhecia várias músicas, que não sabia que era deles) lá por casa alguém está a pensar seriamente comprar o CD. A vocalista estava a “curtir o momento”.
De seguida, e num estilo um bocadinho diferente, Tindersticks, recomendo vivamente, para quem quiser cortar os pulsos. Só para terem uma noção do feedback do público… estava uma minoria de gatos-pingados a assistir, e dessa minoria, a maioria estava sentada.
E lá para a 1 da manhã, Chemical Brothers, que não desiludiram
Vou passar a ser como à S. que vai a todos os concertos dos Muse (até rejeita viagens de borla à Suíça), mas em versão Chemical Brothers.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

O meu novo vicio



Há uns tempos atrás deram-me de mão beijada uma PSP, assim sem mais nem menos… e achei graça, mas não liguei muito. Entretanto o “Buzz” passou para a PSP, e agora lá em casa só se ouve aquele barulhinho irritante dos jogos electrónicos. Ah! tem versão em português, e quem faz a voz do apresentador é o Jorge Gabriel.

Para quem não sabe o que é o “Buzz” é um jogo com perguntas de cultura geral, e há de tudo: excertos de filmes, bocados de fotografias, pôr por ordem cronológica, enfim muitas perguntas para testar os nossos conhecimentos.

Quem vai à guerra...

John McCain decidiu fazer este tipo de campanha para atacar o seu adversário Barack Obama. Britney Spears e Paris Hilton foram incluídas...



Paris Hilton não achou muita graça e respondeu na mesma moeda. Mai nada.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Fico doente!

Li no Público que uma mulher norte-americana pagou mais de 32 mil euros (!), a cientistas sul-coreanos para clonarem o seu cão de estimação.
Quando leio este tipo de notícias fico doente! Tantas crianças a morrerem à fome no próprio país onde esta “senhora” vive (não precisamos de viajar até à habitual África) e esta atrasada mental vai gastar esta fortuna num cão!
Não é difícil chegar à brilhante conclusão que as pessoas não têm limites, não pensam, e definitivamente, não dão o devido valor ao dinheiro.
Só me apetece dizer palavrões.

Receita para o amor eterno

“Queria ter a certeza que é possível amar uma pessoa para sempre”.
“A melhor coisa que podes fazer é arranjar alguém que goste de ti como és”.

Esta citação é tirada do filme "Juno". É uma pergunta feita pela filha adolescente ao pai. E acho que a resposta é a receita perfeita para o amor eterno.
Essa ideia que ele ou ela vai mudar com o tempo, ou que nós havemos de conseguir dar-lhe a volta, quanto a mim, não é um bom principio.
Ás vezes fico na dúvida se as pessoas estão apaixonadas pela pessoa que têm ao lado, ou pelo projecto que idealizaram, ou pelo que acham que vão conseguir mudar à sua imagem e semelhança.

Juno



Ontem, vi este filme e foi uma agradável surpresa.
Agora percebo porque é que a actriz que faz de adolescente grávida foi nomeada para o Óscar de melhor actriz. Ela, a Juno, não consegue dar uma resposta tipo “sim”, tem sempre que trabalhar cada resposta, fazer comparações, analogias, ironias… Eu ia adorar conhecer esta “pessoa”.
Recomendo vivamente este filme. As pessoas que escreveram “Juno” têm uma imaginação incrível, e eu estou a morrer de inveja , por não ter sido eu.

Vá só mais este trailer. é que gostei mesmo do filme!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Ultra Maratona Atlântica

No domingo foi dia da Ultra Maratona Atlântica. E o que é que esta maratona tem de diferente das outras? Começa em Melides e acaba em Tróia, o que traduzido em números, são 43 quilómetros, sempre a correr, na praia.
Íamos nós começar a nossa caminhada e vimos todo o aparato à volta da meta, e por acaso apanhámos o terceiro classificado a chegar (eram mais ou menos 11h00).
À tarde, tipo 17h43, e já noutra praia, reparámos que ainda havia maratonistas a passar… O dia escolhido, não foi dos melhores, porque foi dos mais quentes deste Verão, pelo menos em Tróia.

Nota: A prova começou às 8h30 em Melides e o tempo limite de chegada a Tróia, a meta, seria às 17h00. Inscreveram-se 168 atletas, 14 eram mulheres.

Nota 2: Eram para ser 15 mulheres, mas a J. baldou-se.

Xixi

Ora bem, o nosso cãozinho tem uma pancada qualquer com saliências (não consegui escolher uma palavra melhor) que não se percebe.
O local mais problemático é a praia, se não estamos atentos, vai tudo regado a xixi.
No seu top três dos spots preferidos estão os troncos, os castelos feitos na areia, e as mochilas/ toalhas de praia amarfanhadas.
E assim temos que ter mil olhos, para não incomodar ninguém… este domingo o Gaudí (solto na praia) decidiu marcar terreno em cima de mais um tronco, o único problema, é que no tal tronco estava um senhor sentado. Que também ficou marcado com o xixi do Sr. Gaudí.
Que vergonha!
O senhor teve a melhor reacção possível, e disse que não havia problema, mas foi uma situação muito embaraçosa. Ainda bem que era o F. que estava a tomar conta!

Não sabe/ não responde

Mais um fim-de-semana em Tróia, mas com uma “ligeira” diferença no sábado… porque foi dia de despedida de solteira da J. na Comporta (que é mesmo ali ao lado).
Carro com lotação esgotada de “fracotas” rumo à Comporta… um dia de praia fantástico, em muito boa companhia, fotos mal tiradas (com direito a cabeças cortadas e tudo), muito sol, e um fim de tarde na esplanada imbatível. Foi a vez da noiva surpreender!
Nesta esplanada/ restaurante “Ilha do Arroz”, bebi a melhor sangria branca* de sempre. Recomendo! E matei saudades dos pimentos pádron, que só costumo comer quando estou de férias no Norte.
Foi um dia fantástico, que passou a correr.
Elas seguiram viagem para a noite de despedida, e eu fiquei pelo Alentejo.

* Receita da Sangria Branca: vinho branco, 7up, laranja, limão, hortelã e gelo (acho que não me estou a esquecer de nada). A experimentar.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

1 de Agosto

É a debanda geral, fugiu tudo, não há carros, não há portugueses, não há trânsito. Em compensação temos muitos lugares de estacionamento, muitos turistas (que dão sempre cor à cidade) e não há filas no supermercado, enfim, é um descanso. O mesmo não podem dizer os algarvios, coitados!