quinta-feira, 28 de julho de 2011

Os 10 mandamentos dos Saldos da Time Out

Achei que as dicas eram boas. E faço aqui a síntese.

1. Ir aos saldos pela fresquinha: leia-se nos primeiros dias e de preferência de manhã, quando está tudo ainda arrumado e as empregadas com paciência para nos aturar.

2. Ir vestido à altura do acontecimento: com roupa prática para despir e roupa interior simples que fique bem com qualquer peça.

3. Estabelecer um orçamento realista: 70% do orçamento para o que precisa e 30% para extravagâncias.

4. Comprar peças úteis e de boa qualidade.

5. Comprar o que faz falta e resistir ao impulso: fazer uma inspecção prévia ao armário para saber o que realmente precisa.

6. Renegar peças extravagantes: comprar uma peça barata que não combina com nada é um mau investimento.

7. Inspeccionar cada peça ao detalhe.

8. Não tentar entrar numa peça de roupa que é 4 tamanhos abaixo do seu só porque está com um desconto espectacular.

9. Dar um olho às tendências da próxima estação.

10. Em caso de dúvida, não compre: Se não tem a certeza se gosta, se lhe faz falta, ou se lhe fica bem, é preferível não comprar.

terça-feira, 26 de julho de 2011

We are NOT in the Moody`s | Moody`s, avalia isto!

WTF?

Todos os dias quando vou a pé para o trabalho e quando estou a regressar… passo sempre pela Residência Oficial do Primeiro Ministro. E está sempre um polícia à porta da dita residência, e mais um polícia do outro lado da estrada, no passeio oposto.

Na semana passada, no regresso a casa, um polícia vira-se para o outro e diz:

“Esta semana vais ser a minha fofinha”. Alto e bom som, pois estavam a uma estrada de distância. WTF?
Não consegui ouvir a resposta, mas confesso que nunca mais vou olhar para os agentes de autoridade da mesma forma…

Amor de mãe

Ele há mães que andam com os “filhos” pendurados ao pescoço (aqueles bonequinhos versão menina e menino), depois há mães como eu que andam com uma medalha com o nome do filho ao pescoço (achei que uma tatuagem era muito definitivo), e depois temos o Beckham, que claramente gosta mais dos filhos que eu… porque não só tatuou os nomes dos filhos pelo corpo todo como mandou gravar o nome dos 4 filhos nos ténis.

A minha medalha é da Pedra Lua* (ver foto em baixo), loja que simplesmente A-D-O-R-O mas que não é conhecida por ter preços de amigo.





*Não confundir com a loja Pedra Dura.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

A revista que vou oferecer aos meus pais

“Chama-se Guia dos Avós e é uma nova publicação produzida pela equipa da Pais & Filhos, este guia, explica Maria Jorge Costa, directora da revista, surge na sequência dos inúmeros contactos de avós, que ligam a pedir ideias e sugestões.
O guia tem um preço de capa de 3,95, euros, 132 páginas e uma tiragem de 10 mil exemplares”.

Depois se prestar, informo. Para começar acho o preço da revista um verdadeiro assalto!

ZM2

Domingo foi dia de festa de anos do ZM. Em resumo: muita rapaziada e uma menina, e se pensam que só se brincou com motos e à bola, estão muito enganados, os rapazes gostaram muito de passear o carro do bebé, que na maioria da vezes tinha um urso de pernas para o ar ou ia sem passageiro… homens!

O Vicente meteu-se nos copos e andou todo torto, o Francisco andou a tentar comer os alimentos de brincar (tentou várias vezes, sem sucesso), o Zé mostrou como é que se anda descalço sem sujar os pés com areia, o António dominou a bola mesmo quando não lhe chegava perto, a Maria fazia as melhores poses para a máquina fotográfica e o Miguel fez um cavalinho com a moto de plástico e estampou-se.
Foi uma tarde muito bem passada na companhia de amigos. Quando olhámos para o relógio já eram 20h! E não me estava nada a apetecer ir embora…
A repetir. Agora podia ser no dia de anos do ZM…

Flop

O novo gelado da McDonalds, o McFlurry Magnum e brownies é fraquinho.
A começar pelo facto de não estarem brownies no gelado mas bolachas oreo. Não achei nada de especial, é um gelado mais apetitoso antes de se comer.
Leva um Suficiente. Não vale o 1,80€, e não vale a pena estar a engordar por causa deste geladeco. Não repito a dose.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Livros para o Francisco

Andava com vontade de oferecer um presente ao meu filho-lindo, fui até à Fnac e descobri esta colecção. Vale mesmo a pena!

Números em todo o lado” ensina os números. Abrimos a primeira página do livro e aparece 1 galocha, levantamos a aba gigante e aparece mais uma galocha acompanhada do 2. E o mesmo género de lógica com outros números e objectos.

Mundo colorido” divide as coisas por cores. Por exemplo na página do amarelo encontramos uma banana, uma flor, um patinho de borracha, um limão…

Palavras do meu mundo” divide as palavras pelo quotidiano do bebé. Por exemplo uma página com as peças de roupa mais comuns (casaco, calções, sapatos, meias…) ou uma criançola cheia de setas com as legendas, olhos, pés, joelho etc…

Recomendo muito para crianças que estão a aprender a falar.

Info: Civilização Editora, cada livro custa 4,10€, com o cartão Fnac fica 3,68€.






Corações de alcachofra precisam-se!

Se alguma alma me conseguir dizer onde é que consigo comprar corações de alcachofra pff informe-me. Ando com desejos deste legume e não encontro em lado nenhum.
Está cada vez mais difícil…

quinta-feira, 21 de julho de 2011

E eu a dizer que não tinha pancadas nenhumas.

Quando vou à Starbucks, sabem como é que faço o meu pedido?

Cá vai:
“-Queria sff um muffin de chocolate mas que não esteja debaixo da lâmpada*, porque costuma ficar muito rijo.”

*A lâmpada da vitrine onde os bolos estão expostos.

Os empregados que me atendem ou partem-se a rir ou ficam em estado de choque.

Marketing "Guedes" continua...

Parece que também há "calquitos" do Guedes já em versão espanhola!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Arrivals para 2011 e 2012

Novembro: nasce o primo do Francisco. O António.
Dezembro: nasce um novo sobrinho. A mãe queria uma Beatriz. Na versão masculina não sei como fica.
Janeiro/ Fevereiro: nasce um novo sobrinho. Que ainda é feijão. Não estou a par dos nomes favoritos. E muito menos do sexo… pois claro!

Mais alguém?

E o vídeo que acabei de vos mostrar...

já tem 2 t-shirts no Cão Azul!



A t-shirt que ando a pensar (seriamente) em oferecer ao F.



É que não há paciência...

O vídeo português que anda a fazer furor...

Fotos do dia

Achei tão fofinho ver pai e filho a desfilar... que não resisti a pôr aqui!
By the way, o desfile é Chanel. Os casaquinhos não enganam!





terça-feira, 19 de julho de 2011

Conversa à Bruno Nogueira

A minha mãe deu-nos um Tupperware de sopa.

A conversa ao jantar:

Eu: Aqueceste a sopa demais, devias ter posto menos tempo no microondas, a sopa ainda estava quente.

F.: Mas eu gosto da sopa quente.

Eu: Então se gostas da sopa quente, porque é que estás a soprar?

F.: Porque fui habituado lá em casa [casa dos pais] a soprar a sopa. Gosto de soprar a sopa!

Partimo-nos os dois a rir.

Saldos Verão 2011

Não consigo resistir a saldos. Algumas boas sugestões para vocês:

Sephora: está com descontos de 50% em alguns cremes, perfumes e maquilhagem. Quem tiver cartão da Sephora ainda poderá ter descontos adicionais. Por exemplo: comprei cremes Lancôme a metade do preço.

Zara: é preciso procurar, mas encontram-se boas pechinchas. Por exemplo: comprei um vestido de algodão bom para o dia-a-dia por 13€.

Bershka: há peças de roupa a metade do preço bem giras.

Massimo Dutti: estão com descontos até 70%, por esta altura, por onde passei já estava tudo muito escolhido. Ainda vão a tempo de comprar lenços e cintos decentes. A roupa para rapaz desapareceu por completo!

Women’s secrets: aproveitar que os básicos, as lingeries cor de pele e coisas que tais estão com desconto. O que não é costume.

Zara home: As coisas giras desapareceram com o vento! Nesta loja tem que se ir nos primeirinhos dias.

Pull & Bear: Tudo muito escolhido. Só se safam as saias. De resto é mais do mesmo: t-shirts de praia e coisas que tais.

El corte inglès: Encontram-se boas pechinchas, é preciso ter a sorte de haver o vosso tamanho. Aqui há muita oferta de vestidos para casamentos e festas do género.

Zilian: Há sapatos a metade do preço.

Cortefiel: os preços caíram a pique. Aqui os descontos valem muito a pena.

Mango: nos primeiros dias, quando ainda lhe chamavam promoções, as peças de jeito desapareceram.

Lanidor: Não encontrei nada interessante.

Boa caça!

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Segurança: bebés

De acordo com a nossa pediatra, existem dois produtos à venda no nosso mercado (por ex: na imaginarium) que são extremamente perigosos para os bebés:

Clips para prender os lençóis na cama do bebé, muitos já morreram sufocados. Porque de facto as crianças não se destapam enquanto dormem mas acontecem coisas bem piores quando se mexem durante a noite…


Os elásticos onde se prendem as crianças, o "bouncer", que ficam horas a ser “agitadas” provocam convulsões nos bebés e danos cerebrais…

Passem a mensagem.





Emboscada

Este fim-de-semana ficámos por Lisboa porque o afilhado ia dar um concerto com a banda no S. Jorge. E ficámos à força, isto porque o afilhado enviou-nos uma mensagem, durante a semana, a dizer “a minha mãe já vos comprou os bilhetes para o concerto, escusam de ir comprar”. E pronto ficámos sem saída. Tínhamos mesmo que ir. E fomos. Foi giro.

Ora já não estou tão animada com esta vida de concertos do afilhado porque estou a ver um bom aluno que tinha 17 e 18 valores em qualquer disciplina, ou até mais, a deslumbrar-se com um mundo onde é muito complicado vingar. E que neste momento está a lixar-se para os estudos, no ano que vai (?) entrar para a faculdade. Apesar de ainda não ter escolhido nenhum curso, nem estar preocupado com o assunto.
Estou muito desiludida.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

People! By Zara

A Zara anda a dar 300€. E como é que podem ter esta borla?

Têm que criar um look com pelo menos duas peças principais da Zara, colecção Primavera/ Verão 2011.
Depois é só enviar as fotos para http://www.zara.com/webapp/wcs/stores/servlet/category/es/en/zara-S2011-s/69503/Instructions, a foto é publicada no site, e o melhor look ganha 300€, não sei se para gastar na Zara se o dinheiro mesmo.
Arrisquem! Encontram-se lá umas portuguesas.

É oficial.

Ontem comprei o primeiro presente de Natal.


Festival ao largo

Ontem à noite fomos ouvir ao vivo e a cores: Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Pedro Carneiro e Elizabeth Davis. E completamente à borla, no largo do Teatro Nacional S. Carlos.
Gostámos muito. A única parte dolorosa foi ficar 2 horas em pé, a assistir aos ditos “diálogos de piano e percussão”.

Este festival vai continuar até dia 31 de Julho, não só com música mas também com bailado. Sempre às 22h00.

Recomendo muito. E se tiverem paciência cheguem ao local 1 hora antes, são capazes de arranjar um lugarzinho sentado.

www.festivalaolargo.com

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Quando me ponho a fazer contas... dá nisto

Ora e perguntam vocês o que é que a Maria com h está a fazer no meu blog.
A questão é que tenho umas calças de ganga da Zara que se inspiraram neste modelo que ela está a usar com a cintura cortada. E descobri que são as que estou a vestir agora, e que são de 2000! Têm 11 anos. Nunca pensei. O tempo passa a correr…
E o objectivo da cantora de ter umas calças que ninguém pudesse comprar nas lojas… um ano depois caiu por terra.

E passo a citar a legenda oficial desta foto:

“Mariah Carey, 1999
Mariah Carey's "Heartbreaker" video did more than get people dancing—it got them cutting up their designer denim in imitation of the sexy diva. Stylist Tonjua Twist took scissors to the waistband of a pair of jeans because Carey "didn't want to wear anything anybody can buy in the store."

O meu novo vício

Experimentei no Secret Spot da Häagen-Dazs e agora quando vou ao supermercado é uma tortura não comprar…
Qual é a especificidade deste gelado? Deve-se tirar 10 minutos do congelador antes de comer, para que o caramelo no meio do gelado derreta… Há também a versão chocolate.

Vêm numa embalagem com dois potes, cada um com 100ml.
Recomendo muito!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Facilitar a vida aos ladrões

Terça-feira de manhã quando ia a sair de casa com o Francisco, vejo que deixámos a chave de casa do lado de fora da porta.

Portanto a porta não só ficou fechada durante toda a noite só no trinco, como ainda deixámos a chave do lado de fora.

Uma borla destas, e ninguém aproveitou.

Surpresas boas

Na segunda-feira, o padrinho do Francisco telefona-me e leva-me a almoçar no próprio dia.
Na terça-feira, uma grande amiga que está a trabalhar na Madeira telefona-me e faz uma visita nocturna à Família Tanaka, com direito a presente (um leão muito fofinho) para o Francisco.

E hoje qual é a surpresa boa que se segue?

Pancadas

O João não suporta linhas tortas, quadros tortos, nada fora da linha, influência da sua profissão. É arquitecto.
A Joana é muito criteriosa com a comida, nem tudo passa pelo seu crivo, perdão, garfo.
O F. fica doido com certos sons, principalmente alimentares ou insistentes.
A Mariana quando compra uma revista não gosta que ninguém lhe toque antes dela a ler.

Eu pensei muito sobre o assunto, pensei, pensei e lembrei-me que: odeio nódoas, odeio, detesto portas de armários abertas, gavetas abertas. Mas de facto nada que me perturbe realmente. Até agora, descobri que não tenho nenhuma pancada forte. Nunca tinha pensado sobre o assunto. Se alguém souber de alguma coisa “que me tire o sono” pff avise.

Qual é a vossa pancada?

"Último a sair"

Neste momento, o único programa fixo que se vê lá em casa.

Não se aponta que é feio

Hoje de manhã foi o F. que foi buscar o Francisco à cama. E o F. cumprimentou-o como sempre fazemos “Bom dia bebé, dormiu bem?…” e o Francisco, com o dedo indicador espetado, e colado ao nariz do pai, espera uma resposta.
O F. responde “Nariz”. Depois a criança aponta para os olhos, e depois para a boca…

E é sempre assim em todo o lado. Vamos na rua o tempo todo a debitar matéria: “árvore, pessoa, gato, passadeira, quiosque, casa, prédio…” ou na versão Tróia (que gosto mais) “árvore, flor, peixe, caranguejo, mar, balde, areia, concha…”.

E sim, recusamo-nos a ensinar palavras como “pópó, mémé” e coisas que tais.
É parvo. E nenhum dos dois tem paciência para esse tipo de linguagem.
Quando o Francisco interage com outros adultos que falam com ele nesse tipo de linguagem infantil, eu tenho que explicar que ele não está a perceber nada de nada… para ele um carro é um carro. E as pessoas ficam encavacadas. Tem piada.

Eu e o F. somos muito diferentes em muita coisa mas na educação do Francisco não poderíamos estar mais em sintonia.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Bom, barato, rápido e saudável (melhor só se vier já mastigado)

E porque nos fins-de-semana em Tróia não apetece fazer nada, acabamos por comprar comida mais rápida e prática:

Tortellini recheado com ricota e espinafres (dá para 2 pessoas) marca Continente, custa 1,89€.
Se for na versão com requeijão, então custa 1,49€.
Existem outras versões menos saudáveis.
Peso 250gr.

Tortilha de batata e pimento (dá para 2 pessoas) marca Continente, custa 1,69€.
Existe ainda a versão com cebola, ou com chouriço.
Peso 450gr.

Acompanhamos estas duas versões sempre com uma mega salada de tomate e pepino.







Música no coração

O meu filho é doido por música. Desde muito cedo soube sempre em qualquer brinquedo qual o botão que dava música, é a primeira coisa que aprende. E é sem dúvida o botão mais carregado.

Quando está aborrecido, está a fazer birra ou não está nos seus dias, basta cantar, e a criança fica logo animada. É automático. Mesmo quando a voz dos cantores (mãe e pai) é tudo menos de rouxinol.

O fenómeno mais engraçado é quando está na sua cama, e está com dificuldade em adormecer, é o próprio que puxa a fita a um boneco, que tem pendurado na cama, para poder ouvir música, e volta a aninhar-se nos lençóis.

Saiu melhor que a encomenda.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Fim-de-semana a 2

Pela primeira vez desde que o Francisco nasceu eu e o F. fomos passar o fim-de-semana sozinhos. Sábado: dormir até ao meio-dia, ir para Tróia. Dar um mergulho na praia ir para casa almoçar e depois regressar para a praia e ficar em versão lontra na toalha. Dormir ao sol. Nem fui à água. A ressaca da noite anterior foi complicada… Jantar, e ir beber um café ao Casino de Tróia. Fiquei parva com a quantidade de pessoas que lá estavam, muita gente com dinheiro, muito estrangeiro. O modo como despachavam, aos 200€, na roleta deixou-me de queixo caído…

Domingo longa caminhada na praia. Dormir na praia. Fotos para a posteridade. Almoçar e regressar a Lisboa porque estava a morrer de saudades do Francisco.

Descansámos finalmente.

Optimus Alive 2

Na sexta-feira regressámos ao Optimus Alive.
Desta vez encontrámos a Estrela, mais alguns conhecidos e outros tantos famosos. O ambiente continuava fantástico e quilos de gente gira.
Havia tanto concerto para assistir que só no dia seguinte me apercebi que não vi Slimmy. E tinha alguma curiosidade.
Ora dançámos ao som de Sidney Samson, depois de Thivery Corporation, eu ainda fui espreitar 30 seconds to mars e para acabar Chemical Brothers.
Ora S. Samson era como se estivéssemos no Alcântara, T. Corporation numa festa reggae com cheiro a ganza (pleonasmo?), 30 seconds só vi 3 ou quatro músicas, era uma festa de adolescentes, o vocalista surpreendeu pela simpatia e pela interacção com o público. E por fim Chemical foi uma pastilhada da pesada. Saí de lá com os ouvidos a zumbir. E toda partida.
Se o F. quisesse ainda tinha pedalada para ir para o palco Clubbing mas fomos embora.
As 4h30 da manhã estávamos a chegar a casa.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Mãe-nazi 2

O grave é que a mesma mãe que diz que a preocupa muito “a obesidade infantil, de que se fala muito” é a mesma que entope regularmente o filho com Suissinhos e iogurtes que não vão ao frigorífico.

E mais grave ainda é mães que assumem com a maior naturalidade que não dão a provar iogurtes naturais aos filhos porque elas, as mães, não gostam. Mesmo depois do aconselhamento da pediatra.

Gostei mesmo muito da experiência mas saí daquele estudo horrorizada! E com a perfeita noção que não estou mesmo a par do mundo que me rodeia. De facto, se existe tanta oferta de produtos carregados de açúcar para crianças tão pequenas, é porque os pais compram. Que eu saiba as crianças ainda não vão sozinhas ao supermercado...

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Optimus Alive

O cunhado arranjou bilhetes para ontem e perguntou se estávamos interessados. Claro que sim!
Fui pela primeira vez ao Optimus Alive. E gostei bastante.
A Blondie esforçou-se mas já está a cair da tripeça (o F. disse que era a própria da tripeça), os Coldplay tiveram momentos bons nas músicas mais conhecidas/ mexidas, mas nas músicas moles o público dispersava um bocado e punha-se à conversa.
O recinto tinha muito espaço, muito bem organizado, só gente gira.
Encontrámos antigos colegas da faculdade, o marido de uma amiga, um ex-fã, uma fornecedora do F., e muitos famosos. E a única pessoa que queríamos encontrar, a Estrela, não conseguimos. As comunicações móveis eram impossíveis. As mensagens chegavam com delay de 20/ 30 min.

Na sexta-feira encontramo-nos antes de entrar no recinto. Vale?

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Guichet (sempre quis escrever esta palavra no meu blog)

Ontem o F. foi a uma reunião no Porto. No guichet antes de entrar no parque de estacionamento da empresa, o segurança diz:

- “Dê-me qualquer cartão de identificação menos o bilhete de identidade”.

O F. opta por dar o cartão de sócio do Benfica.

A reacção do segurança:

- “Esta foi a melhor coisinha que entrou aqui nos últimos tempos”

À saída da reunião, os seguranças mudaram de turno, e já lá estava outro para devolver o cartão vermelho.

A reacção do segurança nº2:

- “Ah! Você é que é do Benfica, sim, senhora bom gosto!”

Moral da história: Se isto fosse comigo os dois seguranças seriam do FC Porto. Ferrenhos-Fanáticos. E tinham-me furado os pneus do carro, no mínimo. Com o F. são benfiquistas e fazem-lhe uma grande festa. Nada de novo.

Sobrancelhas

Os dramas que tenho de cada vez que corto o cabelo por vezes também se alastram ao departamento das sobrancelhas.
Ontem fui arranjar as sobrancelhas e para chegarmos já ao fim da história, digo-vos que ficou uma maior que outra. Ia tendo um ataque cardíaco! Só me apetecia fugir do cabeleireiro.

Quase a adivinhar que desta vez não ia correr bem… avisei, frisei, sublinhei que queria manter o comprimento, e apenas afinar as sobrancelhas em cima e em baixo, até usei linguagem gestual. Nada. Não serviu de nada. Uma das sobrancelhas fugiu a sete pés para o lado da orelha e a outra manteve-se mais perto do nariz.

E qual foi a solução que eu arranjei? Andar com a franja em cima da sobrancelha anã, para disfarçar a coisa. Tipo adolescente-betinho que não vê o caminho.

Para quem nunca tinha pensado sobre o assunto, o problema quando se arranja as sobrancelhas é que se uma fica mal (por exemplo: curta) a outra tem que seguir o exemplo para não ficarem diferentes. Não há volta a dar.
Oh! como odeio sobrancelhas curtas, detesto. Parece que nos caiu um travessão em cima dos olhos. Credo!

E sim esta esteticista era de confiança, mas não volto lá. Agora só vou às winks das Amoreiras e do Saldanha, arranjar as sobrancelhas com linha. Não me aventuro mais. Acabou-se.

E já não bastava o descalabro do cabelo agora juntei o extra das sobrancelhas. Estou seriamente a pensar em ir com chapéu e rede para o baptizado do Vasquinho, assim num estilo “apicultor”.

Mãe-nazi

Ontem foi dia de participar num estudo europeu sobre o tipo de alimentação que as mães dão aos bebés. Numa sala estavam 7 mães de bebés com mais de 18 meses (eu incluída) à mesa, a entrevistadora à cabeceira e, mais uma, em silêncio, a um canto da sala, a escrever. Este espaço tinha uma parede com um vidro espelhado, e tal como nos filmes, estavam pessoas do outro lado a ouvir o que estávamos a opinar, alguns estrangeiros, e com tradutoras ao lado.

O tema era os iogurtes: quantas vezes damos por dia ao bebé, de que tipo damos e porquê, o que é que o bebé gosta, se já come sozinho, que tipo de embalagens são mais apelativas, novos sabores etc…etc… A conversa durou 2 horas e meia.

Conclusões gerais:

• Só eu e outra mãe é que damos iogurtes naturais de adulto 95% das vezes.
• As outras mães dão de tudo, e só deram iogurtes naturais no início, e algumas com a batota da colher de açúcar. Passo a citar “coitadinho, não sabiam a nada”.
• A maioria só dá iogurtes que não vão ao frigorífico por uma questão de emergência, de uma viajem, ou um dia mais longo na praia.
• Suissinhos, queijinhos, leiteira, iogurtes com/de chocolate encaram como uma sobremesa ou um miminho. Miminhos que dão muitas vezes.
• A maioria das mães dá iogurtes de bebé/ criança e não de adulto.
• A maioria das mães escolhe os iogurtes pelo critério “porque é o que o meu filho gosta”

Ora saí desta reunião com a clara ideia que sou uma mãe-nazi, eu já desconfiava… Mas prefiro dar coisas saudáveis agora e, quando for mais crescido terá muito tempo para comer porcarias. Fiquei boquiaberta com o critério “porque é o que o meu filho gosta” porque se fosse gerir as minhas compras com esta premissa, então só iria comprar os iogurtes mais açucarados. Conclui também que não olham para os rótulos e não comparam as quantidades industriais de açúcar que os filhos ingerem…
Como qualquer outra mãe acho que isto é o melhor para o meu filho. E vou manter a minha posição.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Sei que estou a ficar cota 2...

quando as piadinhas entre amigas é "estás grávida!"

ao invés de...
"Gostas do joão!"

Sei que estou a ficar cota…

quando uma amiga me pergunta “como é que começa a 2ª parte da música Atirei o pau ao gato?”

Ao invés de perguntar…
“Como é que começa a 2ª parte daquela música que está sempre a dar nas discotecas e bares?”

O novo ano começa bem!

Ouvi dizer que vou ter um sobrinho novo em 2012. Não revelo a fonte porque ainda não sei se a informação é oficial.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Há apertos de mão convictos e outros frouxos...

O beijo que nos faz acreditar que vão ser felizes para sempre e o outro que num estilo muito “toca e foge” não convence o mais distraído. Caramba! É o dia de casamento, é suposto ser um dos pontos altos da vida de ambos (não sei, penso eu, quem já casou que se acuse) e mais parece que ele está a pensar “Qual é o filme que vai dar logo à noite na tv?” e ela “Não sei se o jantar fique bifes de peru ou bacalhau à zé do pipo”.
Este conto de fadas é uma fraude: com uma diferença de idade de 30 anos, quase que ficamos na dúvida se é o pai que está a casar com a filha, depois vão os dois de branco, pessoas como eu que vêem mal ao longe não os distingue muito bem, para ajudar à festa uma das convidadas, a Naomi Campbell vai também de branco. E começamos todos a duvidar se afinal não estamos a assistir à Festa do branco no Algarve…
A cereja no topo do bolo foi o facto de a noiva ter pensado pirar-se para a África do Sul, depois de ter descoberto que afinal o seu príncipe não tem 2 filhos ilegítimos mas 3, fresquinho, e acabadinho de nascer, do alto dos seus 3 meses. Fabricado com a antiga namorada.

E viveram felizes para sempre.

Nota: A vida real é muito complicada.







Convite

No dia 16 de Julho, sábado, às 22h00 no Cinema S. Jorge, há concerto do afilhado e a banda.
Billhetes à venda na ticketline e na Fnac. São 5€.
Quem alinha?

G. Armani Vs J. Galliano

E nesta batalha ganha sem margem para dúvidas o vestido de Kate Moss. Lindo, Lindo. Muito diferente do que estamos habituadas a ver. Já o vestido de Charlene (ou Chárléne como diz o Júlio Magalhães)… feio, feio. Só gostei do pormenor das jóias no cabelo e o facto do véu ser recortado à frente para o bouquet não ficar tapado. Coisa mais insípida! Simples, discreta mas que não dê sono...



sexta-feira, 1 de julho de 2011

Cenas de Lisboa

Na semana passada ou nesta, já não sei, vi um vidrão com braços e com uma espécie de camisola às riscas. Achei estranho. Fui ver de perto, porque vejo mal ao longe, e sim tinha visto bem. Era um vidrão vestido. Ok já nada me espanta.

E hoje descubro que afinal aquilo era uma obra de arte… uma iniciativa da Câmara de Lisboa para promover a arte urbana. Por tanto se virem camiões do lixo grafitados ou vidrões com novas cores não estão a ver mal, é mesmo assim. Diz que o objectivo é também “simplificar o respeito pelo património” que é de todos.

As obras de arte estão em 20 vidrões e em 5 camiões do lixo alfacinhas.


Original?

A revista Harper's Bazaar "contratou" a Estrunfina, diva dos Estrunfes para posar para um editorial de moda com peças das novas coleções Dolce & Gabbana, Marc Jacobs, Lanvin e Louis Vuitton.

Uma forma original de promover o filme "The Smurfs" que estreia este ano.