quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Começam as comparações

E se o mano Francisco é o Rei da pista, a mana é a Rainha do Kickboxing! E enquanto escrevo este post estou a apanhar… da minha filha. Não consigo distinguir… mas vale tudo: pontapés, murros e cabeçadas. Algo completamente novo é ter a barriga a mexer em 3 pontos distintos. Não há descanso! Algumas “cacetadas” doem e não é pouco.
Acho que a teoria de que o filho mais velho dá no mais novo… vai cair por terra lá por casa. E ainda por cima se tiver umas dicas do amigo Vasquinho (Vascão para os inimigos), vai ficar uma expert na matéria.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

1ª gravidez Vs 2ª gravidez

E se na primeira gravidez várias pessoas (muitas mesmo) tiveram a gentileza de me relatar ao pormenor partos complicados, tenebrosos e com muito sangue…

Na segunda gravidez (e porque agora eu já sei como é um parto) o registo mantém-se mas agora na versão “relacionamento entre irmãos”. Ele é o irmão mais velho que quer bater no mais novo, o irmão mais velho que chora noites a fio porque quer que os pais devolvam o irmão à maternidade, a mãe que tem que fechar o irmão mais novo no quarto (não vá o diabo tecê-las) quando não pode tomar conta e por ai fora… Por norma quando estas conversas começam desligo e simplesmente deixo de ouvir.

Qual será o "drama" de conversa para uma grávida de 3ª viagem?

Mais um sinal do além…

A vermos um episódio dos Borgia na tv… uma personagem vira-se para a outra e pergunta: “Ele é de que ordem? Beneditinos ou Franciscanos?”
I rest my case.

Natalinho 2011

E assim em modo lista cá vai: batemos o recorde absoluto de família (éramos 25 a contar com a minha filhota na barriga), foi muito animado (quer do lado da minha família, quer do lado da família do F.), as fotos da praxe em grupo (temos uma moldura cá em casa, que todos os anos é actualizada com a nova foto do Natal), o Francisco andou a pedir colo e a oferecer abracinhos a toda a família, recebeu quilos de carrinhos mas foi o presente da madrinha que o fez soltar um “Uau” um mega camião com pega para passear pela casa toda). Muito doce, a torta de cenoura e os sonhos de abóbora da praxe e o bacalhau com broa, que a cada ano que passa fica melhor.
No próximo Natal a animação vai ser maior de certeza…

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Recado de Natal

Pedi ao F. para fazer algumas compras natalícias antes do jantar de 24 de Dezembro lá em casa. Um dos itens da lista era “guardanapos vermelhos ou com motivos festivos”. Como pelos vistos já não havia nada… adivinhem qual foi a solução brilhante que ele arranjou?
Ora uns guardanapos azul cueca!
A sério… Só deu mesmo para rir.
E não, não foram para a mesa de Natal.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Tenho saudades…

… de vestir umas simples calças de ganga.

Começo a aperceber-me que a minha barriga está a ficar visível quando…

Os vestidos que tenho usado durante a gravidez ficam MESMO muito curtos

Quando olho para umas fotos de Natal entre amigas e não me reconheço. Pareço uma baleia fora de água.

Quando um empregado da Massimo Dutti pergunta/ afirma: “Isso está mesmo a rebentar?!”.

Feliz Natal!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Photoshop

O F. está viciado no Photoshop, e a cada dia que passa aperfeiçoa a sua técnica.
Nas fotos que vão parar aos nossos álbuns, às nossas molduras ou que oferecemos quase sempre são retocadas. Mais luz, menos luz, menos borbulhas, menos rugas, menos pele brilhante… enfim as fotos já são fantásticas (modéstia à parte) mas ficam ainda melhores.

Quando trabalhei na imprensa foram alguns casos flagrantes que ficaram para a história: a atleta que ficou furiosa porque lhe fizeram a depilação nas axilas ou a entrevistada a quem apagaram as eternas olheiras (imagem de marca que não gostou de ver eliminada). Depois para outras revistas, o caso mudava de figura quando as “modelos” não se importavam nada que lhes apagassem a celulite e o pneu.

Quanto a mim, acho que uma pele que deixa de ser oleosa ou uma borbulha que desaparece não me incomoda mas apagar rugas já não acho bem… enfim o “cirurgião plástico” lá de casa acha que não está a mudar a história, eu acho que está.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Pedido de desculpas público

É só para aproveitar o tempo de antena para dizer que ando muito cansada, muito stressada, com muito mau humor e desde já peço todas as desculpas do mundo se nos últimos tempos disse alguma coisa que não devia. Mil desculpas.
Tudo me irrita. Ando uma pilha de nervos…
Custa muito dar o braço a torcer, mas tem que ser.
Mea Culpa!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Em poucos dias 2

E quando achamos que nada pode piorar… piora.
Esta semana tivemos um funeral, e soubemos de mais um familiar que está doente.

Gravidez no Inverno

Diz que as grávidas têm muito calor e que em pleno Inverno só falta andarem de bikini na rua… eu ainda não dei por nada, ando com o mesmo frio de sempre. Tenho por isso que andar com quilos de roupa e uma barrigona extra.

E porque tenho frio e a barrigona extra… gasto mais dinheiro em roupa na versão grávida Inverno do que na versão Verão… pois tenho frio e não posso andar de casaco aberto, ou ridiculamente preso por um botão-em-sofrimento, que mais parece que está à beira do precipício.

Moral da história, as únicas vantagens são: poder usar collants de descanso sem morrer de calor e ainda não estar inchada, também por causa do calor.

Rei da pista

Começou por dançar quando ouvia alguns anúncios específicos, depois começou a reparar nos genéricos dos filmes e agora onde há música, está o meu filho a dançar. E dança em qualquer lado e ao pé de quem quer seja… E também faz discos pedidos, pede músicas especificas que lhe apetece ouvir e dançar. É o verdadeiro rei da pista!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Em poucos dias…

Somos informados que três pessoas da família não estão muito bem: duas estão internadas e uma vai ser operada esta semana. E assim de rajada… já não está tudo bem.

Abóboras esmagadas

Este sábado tivemos um convite ultra-secreto que não podíamos partilhar com ninguém (com muita pena minha): assistir ao vivo e a cores a um concerto completamente à borla com o vocalista dos Smashing Pumpkins num bar lisboeta. O F. não resistiu e ainda enviou uma foto do vocalista para uma amiga nossa (para ver se ele reagia à mensagem) mas esqueceu-se por completo que ela não recebia imagens…

E foi um fim de tarde muito bem passado a ouvir o senhor cantor a cantar à capela só para nós e mais uns 50 gatos pingados. Muito bom. Mesmo.

sábado, 10 de dezembro de 2011

G8 versão Natal

Há muito que o grupo dos amigos da faculdade não se reunia por completo (nem no Natal). E 2 anos depois (se não me falha a memória) juntámo-nos todos à mesa para comemorar esta época festiva. E foi uma risota pegada pelas mais variadíssimas razões mas a principal foi porque decidimos pôr a conversa em dia… e descobrimos que uma data de pessoas e animais de estimação tinham morrido, e outras tantas pessoas das nossas relações se tinham separado. E assim fora de contexto parece absurdo… mas deu para rir e muito. É claro que com a Ak toda e qualquer conversa ia parar à braguilha e com a M. descobrimos que as térmitas têm mesmo muitos gases… A destacar o meu presente de anos, oferecido pela anfitriã: um cueiro feito pela própria para a minha filhota (na foto).

2 anos, 38 dias e algumas horas depois…

um primo do F. veio cá a casa de propósito para conhecer o Francisco. E ficámos muito contentes. Não que fosse um primo que morasse no estrangeiro, mora apenas a 5 minutos de carro da nossa casa, mas por questões familiares (que já estão resolvidas) só agora foi o momento ideal.
Foi um fim de tarde bem simpático. A cereja no topo do bolo será no Natal, toda a família volta a estar reunida! Muito bom!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Natal

Já começou o Natal para estes lados… foi o primeiro Jantar do sapatinho* esta sexta-feira e com tudo a que se tem direito: presentes, chocolates e montar mais uma árvore de Natal, agora na casa da sogra (e este ano já vão duas). Foi um jantar de família muito animado. Como sempre.
Para a próxima semana temos: um jantar de Natal com os amigos da faculdade e mais um jantar do sapatinho. Ai que vai ser difícil fazer “dieta” de grávida. Escondam os ferrero rocher, os bacci, os pais natal de chocolate…

*É um jantar de família organizado todas as sextas-feiras de Dezembro, onde se trocam presentinhos simbólicos, versão amigo-oculto. O objectivo é perpetuar o Natal o mais possível porque os dias 24 e 25 de Dezembro passam a correr.

Emoções fortes II

Das ecografias (ecocardiograma e ecografia morfológica) o médico disse “Impecável. Todas as ecografias fossem assim”. O obstetra voltou a chamar-me a atenção para o peso (e vão 6 quilos) e perguntou-me quantos doces comia por semana e após a minha resposta o F. riu-se a bandeiras despregadas (não vou comentar), e da operação do meu pai o médico disse que “foi um sucesso”. Uma semana em grande (até no peso)!
Agora o Natal já pode chegar sff.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Presentes de Natal

Dar presentes já é muito complicado: ter o cuidado de não repetir o que se deu no ano anterior, ter em conta os gostos pessoais, tentar não repetir os “erros” de outros presentes (há pessoas que por mais que me esforce a oferecer os presentes, nunca gostam do que ofereço) e agora em tempo de crise a imaginação é posta a toda a prova.

A nossa árvore de Natal já está repleta de presentes. As compras estão praticamente feitas, faltam apenas 4 presentes (e destes apenas não sei o que comprar… é para uma pessoa, o F.).

E aqui neste capítulo conheço casais que no Natal não se oferecem presentes (porque as despesas já são muitas), há casais que oferecem só depois do Natal e aproveitam os saldos para oferecer algo melhor, e outros que guardam o dinheiro do hipotético presente para juntar para uma viagem a dois.

Eu que adoro oferecer presentes à família e amigos (tenho mesmo muito gosto) prefiro ir fazendo com calma ao longo do ano as compras natalícias do que num belo dia de Dezembro enfiar-me num centro comercial e fazer as compras de enfiada. Por isso não concebo não oferecer um presente de Natal, ao F. É um prazer do qual não me privo. E não me interessa se no dia seguinte esse mesmo presente vai ficar com 50% de desconto. Gosto de oferecer os presentes nas datas a que pertencem. E mais nada.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

1 de Dezembro parte II

Pois achava eu que ia montar a árvore de Natal em três tempos e quando começamos a montar… das 4 seres que tínhamos, metade não funcionava. Lá fui eu em pleno feriado ao Ikea comprar material natalício. O caos total, quilos e quilos de gente, nunca vi o Ikea tão cheio, não dava para andar, mexer, respirar. Depois houve uma cena na caixa prioritária (um clássico!) com um coxo a querer passar à frente de grávidas e recém-nascidos. E a empregada do Ikea disse-lhe das boas (fiquei fã!) e disse com todas as letras ao coxo-temporário, que não conseguia estar muito tempo de pé, que então podia aguardar lá fora sentadinho num banco, e a mulher, que o acompanhava, podia ficar numa fila normal.
Só à noite é que acabei de montar a árvore (à tarde fomos passear e lanchar com a sobrinhada) mas foi no dia 1 e Dezembro, como é tradição cá em casa!

Era só para dizer que não há novidades...

Sem dúvida dá muito mais pinta dizer que vou comer uns ovos Beneditinos do que uma pratada de arroz Carolino. Continuamos a olhar para o menu.

E depois aquela música parva que a Carolina tem um lagarto pintado na saia… “não tem prega, nem botão tem cautela, ó carolina não te caia a saia no chão”. Please!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

1 de Dezembro

Vou ali montar a árvore de Natal e já venho!